No dia 28 de junho os alunos do Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos – CEEBJA realizaram uma atividade que foi além da sala de aula. Com barraquinhas cedidas pela Prefeitura Municipal, eles fizeram um trabalho educativo na Praça Vicente Machado, orientando as pessoas que por ali passaram sobre doenças sexualmente transmissíveis e o reaproveitamento dos alimentos.

O trabalho fez parte de um projeto realizado durante o semestre pelas professoras Dilma, da disciplina de Ciências e Evanilda, de Educação Física. Dilma coordenou a turma de alunos que falou sobre como aproveitar bem os alimentos, distribuiu informativos e preparou receitas para as pessoas degustarem. Já Evanilda orientou a turma que falou sobre os perigos das DSTs e quais são as formas de prevenção e também fez a distribuição de preservativos.

Segundo as professoras, todo o material foi preparado pelos próprios alunos, que pesquisaram bastante e leram muitos livros sobre os temas abordados. “Esta atividade foi tão gratificante que para o segundo semestre estamos pensando em fazer um trabalho semelhante, desta vez abordando a importância da reciclagem”, disseram as educadoras.

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe