Araucária PR, , 22°C

Em coma depois de ser alvejado

Em coma depois de ser alvejado
Maioria dos disparos acertou a moto, que era o xodó da vítima

Nada menos que 35 cápsulas de uma pistola, calibre 9mm foram encontradas na esquina da Rua Bico de Lacre com a Rua Tesoureiro, no Jardim Califórnia, onde Sérgio Gonçalves da Cruz foi alvejado no domingo, 23, perto das 02h. A informação chegou até a Guarda Municipal através de populares, que afirmaram terem ouvido vários disparos, visualizando em seguida um homem caído no chão.

Rapidamente, a equipe da GM se direcionou até o local e constatou o fato, localizando também uma moto Twister 250, de cor cinza, com várias marcas de tiro. Segundo o investigador Itamar Stradioto, a vítima foi encaminhada para o Hospital em estado grave, supostamente atingida por 15 tiros. De acordo com informações repassadas pela esposa de Sérgio, ele está em coma no hospital. A nossa reportagem tentou entrar em contato com a assessoria do hospital para confirmar as informações, mas, até o fechamento dessa edição, não conseguiu contato.

Suspeitas
As informações ainda são muito vagas para se ter alguma suspeita concreta, foi o que afirmou a investigação da Polícia Civil. De acordo com Itamar, as informações levantadas até então revelam que Sérgio vivia uma vida regrada com esposa, filho, casa e emprego fixos. “Há cerca de dois anos, ele teve um envolvimento com drogas, era usuário de cocaína, mas tudo indica que não estava mais mexendo com isso; vamos investigar para ver se, talvez, ele tenha votado, nos últimos tempos, a consumir”, explicou. As outras direções de investigação trabalham com a possibilidade de um assalto frustrado, já que a moto é de um modelo mais caro, ou que Sérgio possa ter sido confundido com outra pessoa.

A investigação já levantou que antes do ocorrido tinha acontecido uma confraternização na casa da vítima. Ele teria saído com a moto, seu grande xodó, segundo sua esposa, assim que ela foi deitar. Sérgio possui apenas uma passagem pela polícia há uns seis anos, quando foi pego por porte ilegal de arma. A polícia ainda não sabe se os tiros vieram de alguém que estava a pé ou em um veículo, até então não há testemunhas, e a criminalística será acionada para realizar a perícia na moto. As investigações continuam.

Leia outras notícias