Empresas se unem para ajudar o Haiti

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Empresas se unem para ajudar o Haiti

A Defesa Civil do Paraná já enviou a primeira remessa de donativos para as vítimas do terremoto no Haiti

A exemplo da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil e Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, com o apoio da Associação Paranaense de Supermercados e Organização das Cooperativas do Paraná, que lançaram campanha para arrecadar donativos e ajudar vítimas do terremoto do Haiti, diversas outras empresas e entidades também estão se mobilizando.

A rede paranaense de supermercados Condor já preparou todas as suas 28 lojas como pontos de coleta para a arrecadação de alimentos destinados às vítimas do Haiti, em apoio à campanha de iniciativa do Governo do Estado. Em Araucária, as duas unidades da rede estão recebendo os donativos. 

A Gerdau também vai ajudar o Haiti doando o equivalente a US$ 241 mil dólares em chapas de aço cobertas por zinco, utilizadas na construção de telhados. O volume corresponde a 50 mil telhas, suficientes para a cobertura de aproximadamente mil residências. O material a ser doado é produzido na unidade coligada da Gerdau na República Dominicana. 

E além dessa ação, milhares de colaboradores da empresa nos países onde a Gerdau está presente, inclusive os que trabalham na unidade de Araucária, estão sendo incentivados a doar valores para entidades que auxiliam na recuperação do Haiti, como a ONU e a Cruz Vermelha.  

As doações

Devido às condições precárias que aquele país enfrenta, os donativos solicitados continuam sendo Leite Longa Vida em caixas fechadas com 12 unidades, sucos de frutas de 1 litro em embalagens fechadas com 12 unidades, barras de cereais, biscoitos e salgadinhos em caixas lacradas, água mineral em embalagens fechadas contendo garrafas de 500 ml, 1 litro ou 5 litros e enlatados de fácil abertura e consumo imediato.
O prazo de vencimento dos produtos deve ser a partir de março, para evitar que cheguem vencidos ao país.  

Foto: Divulgação AE Notícias