A margem consignável é uma parcela dos vencimentos que o funcionário possui, podendo dispor para aquisição de bens e obtenção de empréstimos. O valor da margem é estipulado sobre um percentual do vencimento, geralmente 30%, sendo o que servidor tem disponível. Trata-se de um instrumento de grande utilidade ao servidor, pois possibilita a total negociação com bancos, associações e comércio.

A liberação da margem consignável ocorre após ser feito o cálculo deste crédito e, se aprovado, o dinheiro é liberado na conta corrente e as prestações descontadas todo mês da folha de pagamento. Por exemplo, se você recebe 1000 reais, sua margem é de 300 reais. Mas, se tiver feito outro empréstimo deverá considerar esse valor dentro da sua margem. As parcelas, neste caso, nunca podem ultrapassar os 30%, estabelecidos em lei.

Em Araucária, os empréstimos eram feitos em monopólio pela ASPMA. A partir deste mês o servidor pode utilizar de sua margem sem qualquer intermediário. Além disso, seus dados confidenciais são mantidos pelo próprio Município, reduzindo sobremaneira o vazamento de informações.

Os empréstimos já podem ser feitos pelo Paraná Banco, que tem seu representante localizado na Dueto Consultoria (Rua Archelau de Almeida Torres, nº 341; contato 3152-0031). Outros bancos como Bradesco, Itaú, BMG e Caixa Econômica Federal demonstraram interesse em participar da margem e seguem em processo de aprovação. Em breve, novas informações.

O SIFAR coloca-se à disposição para esclarecimento de eventuais dúvidas.

VEJA TAMBÉM

Compartilhe