Morre atropelado na Rod. do Xisto

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Morre atropelado na Rod. do Xisto
Velocidade alta e imprudência dos motoristas e pedestres matam dezenas na Rodovia do Xisto

Mais uma pessoa foi vítima da Rodovia do Xisto, já apontada como rodovia da morte pelo alto número de acidentes. Gilcemar Inácio Ferreira, 40 anos, foi atropelado no km 158 por um Monza, placas AAG-3375, conduzido por Roberto Carlos Gavassa na quarta-feira, 12, perto das 00h20. De acordo com o motorista, ele havia pego a direção poucos quilômetros antes, perto do Supermercado Condor, e ele e seus dois companheiros de carro vinham de uma cidade de São Paulo e seguiam para União da Vitória.

Em uma velocidade entre 70 e 80 km por hora, conforme afirmou o condutor, o veículo não conseguiu frear e colheu a vítima: “Ele atravessou a pista do nada”, afirmou. Um dos acompanhantes do veículo acabou se ferindo levemente com a colisão e foi encaminhado pelo Siate até o Hospital Municipal de Araucária. A rodovia é comumente cenário de acidentes catastróficos causados pelas altas velocidades dos motoristas que cometem barbaridades no local e pela falta de sinalização, como também de uma passarela que garanta a travessia segura dos pedestres.