Programa nacional visa o fortalecimento da indústria nacional de bens e serviços

Os quatro projetos da Prefeitura de Araucária, idealizados através da Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego – SMTE, foram selecionados para fazer parte da carteira regional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural – Prominp, do Ministério de Minas e Energia.

As propostas da SMTE foram a selecionadas entre 88 concorrentes no Paraná e, pela ordem, foram as quatro primeiras colocadas, obtendo notas pouco inferiores a máxima, em todos os requisitos exigidos. O resultado foi conhecido na primeira semana de fevereiro.

O Prominp visa o fortalecimento da indústria nacional de bens e serviços e está centrado na área de petróleo e gás natural. É uma maneira de gerar emprego e renda no país, pois agrega valor na cadeia produtiva local.

De acordo com o secretário municipal de Trabalho e Emprego, Ronaldo Assis Martins, os projetos foram elaborados dentro das expectativas da Petrobrás. “Atendemos as exigências que eram o aproveitamento da mão-de-obra local, valorização das micro e pequenas empresas da cidade e as fontes de recursos pré-definidas”, explicou.

Um desses trabalhos, comentou Ronaldo, já começou a ser implantado, que é o Centro de Excelência em Metal Mecânica, que está inserido dentro de um projeto mais amplo, da própria Petrobrás, que é o Centro de Qualificação Profissional, com a pedra fundamental já lançada e o início das obras previsto para o mês de março.

Primeiro passo
Para implantação dos demais projetos selecionados, a Secretaria do Trabalho fez uma reunião com a gerência de Recursos Humanos da Repar, dia 14, onde serão definidas as medidas necessárias para colocar estes trabalhos em prática.

“Nesta reunião também vamos discutir sobre o aproveitamento da mão-de-obra local no projeto de expansão da Repar, vamos propor a ampliação do posto da SMTE dentro da refinaria e ainda a realização de reuniões freqüentes com os empreiteiros”, ponderou Ronaldo.

Conheça os projetos selecionados

Título: Diagnóstico da Cadeia Produtiva de Petróleo e Gás em Araucária
Descrição: Contratação de uma empresa especializada para diagnosticar e ma-pear a Cadeia Produtiva em Araucária, identificando empresas localizadas no município que atuem ou tenham potencial para atuar nesta cadeia e investigar o contexto e a forma de relacionamento dessas empresas entre si, com seus clientes e fornecedores.
Título: Implantação do Centro de Certificação
Descrição: Estruturar e consolidar um centro de excelência em certificação, nas áreas de caldeiraria, solda, elétrica e instrumentação nos níveis exigidos na cadeia produtiva de petróleo e gás.

Título: Implantação de Centro de Excelência em Metal Mecânica
Descrição: Estruturar e consolidar um centro de excelência na área de metal mecânica, para capacitação tecnoló-gica, profissional, pós-graduação e pesquisa tecno-lógica em metal mecânica, com foco na cadeia produtiva de petróleo e gás.

Título: Inserção das Micro e Pequenas Empresas na Cadeia Produtiva de Petróleo e Gás em Araucária
Descrição: Mape-amen-to, qualificação e incentivo ao cadastramento das MPE´s na Cadeia Produtiva de Petróleo e Gás, a partir das demandas por bens e serviços do setor.

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe