Zezé não participou do debate na TV Educativa

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Ontem à noite, dia 14, aconteceu o primeiro debate da campanha eleitoral de Araucária. O evento ocorreu no Canal da Música, em Curitiba e foi promovido pela TV Educativa do Paraná.

Segundo os organizadores, foi feito o convite para participação aos três candidatos a prefeito de Araucária, porém apenas o atual prefeito Olizandro José Ferreira (PMDB) e a deputada Cleusa Rosane Ribas Ferreira (PV) confirmaram sua presença. Segundo a direção da TVE, o terceiro candidato, ex-prefeito Albanor José Ferreira Gomes (PSDB), encaminhou ofício dizendo que não iria participar.

Antes do dia do evento, a organização e as assessorias dos candidatos haviam definido as regras e, como na ocasião não havia uma definição sobre a participação de Zezé, seu nome estava sendo considerado na quantidade e temas a serem perguntados. Com sua ausência houve trabalho dos organizadores para redistribuir os temas pouco antes do evento.

Ao lado do estúdio onde estava sendo gravado o debate havia um auditório para as pessoas que quisessem acompanhar, mas o local ficou praticamente vazio, pois havia apenas as pessoas que estavam assessorando os candidatos e a imprensa. O debate começou com uma apresentação dos dois candidatos e em seguida os dois foram questionados sobre suas propostas de campanha para temas como criança, emprego e renda, meio ambiente, educação, planejamento urbano, saneamento básico, saúde e segurança.

Ataques
Cada candidato perguntou diretamente ao outro, tendo apenas que respeitar os temas propostos pelos mediador. Eles tinha trinta segundos para fazer a pergunta e o outro dispunha de dois minutos e meio para a resposta. Em seguida havia mais um minuto para a réplica de quem perguntou.

No geral, o tom das perguntas foi relativamente tranqüilo. Desde o início Rosane aparentava certo nervosismo. Ela pediu direito de resposta uma vez. Olizandro aparentava mais tranquilidade. Durante as respostas, ambos os candidatos não extrapolaram o tempo permitido, o que, segundo analistas, demonstra nervosismo.

Rosane se saiu bem em temas como criança, educação e saúde. Na hora de debater sobre meio ambiente ela gastou mal seu tempo e poderia ter se saído melhor. Seu ponto alto foi no tema sobre educação onde questionou os índices do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) que, em Araucária são considerados baixos em contraponto com a arrecadação. Ela também fez um questionamento quantos às filas nos atendimentos básicos de saúde.

Olizandro se saiu bem principalmente nos temas emprego e renda e segurança, onde questionou duramente a posição de Rosane enquanto deputada. Ele afirmou que irá aumentar o efetivo da Guarda Municipal dos atuais 78 integrantes para 180.

Foi concedido deireito de resposta aos dois candidatos. Olizandro pediu os seu após uma afirmação de Rosane em que ela disse que irá acabar com a corrupção na cidade. Em seu espaço, ele pediu para ela apontar ali, na hora, uma irregularidade. Ela desconversou.

Rosane pediu seu direito de resposta após Olizandro dizer que no estatuto do PV é defendido o uso de maconha. Em seu espaço ela não fez menção sobre o assunto.