Compartilhe esta notícia

Os vereadores Ben Hur Custódio de Oliveira (Cidadania) e Lúcia de Lima (Cidadania) querem que a Prefeitura conceda aos servidores concursados e que trabalham nas áreas de saúde e segurança pública uma gratificação por atividade essencial.

De acordo com o texto, o benefício seria pago no período em que estiver em vigência o estado de emergência de saúde pública em razão do novo coronavírus.

A proposição foi protocolada nesta segunda-feira, 27 de abril, e ainda precisará ser apreciada pelo plenário da Câmara. Caso seja aprovada, ela segue à Prefeitura, a quem caberá verifica a possibilidade de instituição da vantagem.

Na justificativa que integra a indicação os vereadores argumentam que tanto os servidores da saúde quanto da segurança pública estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus e que a instituição do benefício seria uma forma de reconhecer o empenho dessas categorias.

Texto: Waldiclei Barboza

Publicado na edição 1210 – 30/04/2020

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio