Confira as Notas Políticas desta semana de 30 de maio

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Negociações
Acontece nesta quinta-feira, 26 de maio, a chamada mesa de negociação da data-base do funcionalismo municipal. Da reunião participam representantes dos dois sindicatos aos quais o funcionalismo municipal pode se sindicalizar atualmente (Sifar e Sismmar) e membros do Executivo municipal.

Nova rodada
Essencialmente a reunião é um segundo tempo daquela realizada em março, na qual houve a concessão por parte do prefeito Hissam Hussein Dehaini (Cidadania) de um reajuste no valor do auxílio-alimentação do funcionalismo municipal para R$ 1.000,00 mensais. Até então este valor era de R$ 520,00.

Reajuste salarial
Na conversa de hoje a ideia é sacramentar se haverá ou não concessão de reajuste salarial ao funcionalismo municipal. Os sindicatos pedem um incremento na casa dos dois dígitos. No entanto, dificilmente – caso haja aumento – ele será nesse percentual.

Seis por cento
Estudos dos técnicos da Secretaria Municipal de Finanças (SMFI) dão conta de que o reajuste possível neste momento seria na casa dos 6%. Porém, ainda não existe o martelo batido se o índice será esse mesmo. Até porque qualquer decisão no âmbito do poder público passa também por uma análise político-administrativa. Logo, o reajuste pode ser menor ou maior. Deste modo é preciso aguardar mesmo o término do bate-papo de hoje para ver o que vai acontecer.

Revisão do PCCV
A discussão quanto ao índice de reajuste passa também pelos trabalhos que estão sendo realizados por uma Fundação contratada recentemente pela Prefeitura para analisar e propor alterações na legislação previdenciária e do plano de carreira do funcionalismo municipal. Isto porque os estudos feitos pela FIA até o momento já teriam identificado a necessidade de atualizar a tabela salarial de algumas carreiras específicas do funcionalismo municipal, que estariam muito defasadas. Essa defasagem salarial faz com que a cidade acabe não conseguindo atrair determinados tipos de profissionais, principalmente aqueles com curso superior.

Próximas semanas
Embora ainda não haja prazo definido para apresentação final das propostas que a FIA recomendará que sejam implementadas pelo Município, a expectativa é que o trabalho seja entregue ao longo das próximas semanas. Havendo concordância da gestão municipal, este material será transformado em projeto de lei e encaminhado à Câmara de Vereadores para análise, discussão e votação pelos edis.

Mais vagas
E falando em gestão de pessoas, o prefeito Hissam Hussein Dehaini (Cidadania) enviou à Câmara de Vereadores um projeto de lei criando mais vagas para os cargos de técnico em administração e técnico em enfermagem.

104 novas vagas
O projeto prevê a criação de 29 novas vagas de técnico em administração e 75 de técnico de enfermagem. Uma vez aprovado, o quadro de técnicos em administração da Prefeitura passará a ter 86 postos de trabalho e de técnicos de enfermagem 225.

Aditivo
A Câmara de Vereadores precisou aditar o contrato firmado com a empresa Esquadra Engenharia e Construções, que está executando a obra de reforma e ampliação da sede do Poder Executivo. O termo aditivo foi assinado no dia 23 de maio.

Pouco mais de R$ 250 mil
O termo aditivo inclui a supressão de alguns serviços inicialmente previstos e a adição de outros, fazendo com que o desembolso a mais por parte da Câmara seja de R$ 264.447,71. Assim, o valor final do contrato passe de R$ 5,3 milhões para quase R$ 5,6 milhões.

Exemplo
A Prefeitura de Araucária participou nesta quarta-feira, 25 de maio, da Smart City Business Brazil Congress 2022, que acontece em São Paulo. E, ao contrário de outras épocas, a cidade não foi apenas um mera expectadora deste tipo de evento. Agora o município foi contar um de seus cases de maior sucesso nos últimos anos: o transporte coletivo.

Planejamento
Na Smart City coube ao secretário de Planejamento, Samuel Almeida da Silva, apresentar a municípios de todo o país como Araucária conseguiu reduzir substancialmente o valor da tarifa do transporte coletivo sem que isso impactasse na qualidade do serviço prestado e ainda aumentando as gratuidades e mantendo a integração com a região metropolitana.

É hoje!
A Secretaria Municipal de Planejamento (SMPL) realiza nessa quinta-feira, 26 de maio, a partir das 18h, a audiência pública para apresentação do estudo de impacto de vizinhança do Residencial Bosque Ipês. O novo condomínio será erguido pela Incorporadora Monte Azul na rua Avestruz, bairro Capela Velha. Nesta reunião a comunidade da região ficará sabendo os pontos positivos e negativos de sua edificação naquela área. Os interessados podem participar da audiência de forma presencial (indo até o salão nobre da Prefeitura no dia 26, às 18h) ou acompanhando pela internet, já que a apresentação será transmitida ao vivo pela página da Prefeitura na internet.

Correção
A propósito, na semana passada esta Coluna informou que a audiência acima seria realizada na terça-feira, 24 de maio. Porém, a informação estava equivocada. A reunião será hoje.

Grande perda
Esta Coluna perdeu nesta terça-feira, 24 de maio, um de seus mais antigos leitores: Pedro Lilito Franceschi. Advogado com décadas de dedicação ao Direito, ele faleceu aos 81 anos. Embora não tenha nascido na terra dos gloriosos tinguis, Dr. Lilito era um araucariense de coração. Tamanho amor por Araucária, aliás, fez com que, em 2014, ele fosse homenageado pela Câmara com o título de cidadão honorário. Título este, aliás, muito merecido! O Popular se solidariza com a família Franceschi pela perda e deseja muita força neste momento tão difícil!

Confira as Notas Políticas desta semana de 30 de maio
Confira as Notas Políticas desta semana de 30 de maio 1

Publicado na edição 1313 – 30/05/2022