Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Araucária inicia a semana com uma excelente notícia: pela primeira vez após dezesseis meses, o número de moradores em tratamento contra a Covid-19 é inferior a cem.

Exatamente! Depois de termos chegado a ter quase três mil araucarienses simultaneamente com o vírus, o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) na sexta-feira, 22 de outubro, apontava que eram 96 os casos ativos na cidade.

A última vez que o número de pacientes em tratamento esteve na casa dos dois dígitos foi em 22 de junho de 2020. Ou seja, há dezesseis meses.

De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde da Prefeitura (DVS), a queda vertiginosa no número de casos ativos mostra que a campanha de vacinação está atingindo seu principal objetivo: o de minimizar o impacto da doença nos indivíduos e na coletividade, contribuindo para o seu controle.

Até sexta-feira já eram 75.175 os moradores de Araucária com o ciclo vacinal contra a Covid concluído, seja por terem tomados as duas doses ou terem recebido o imunizante de dose única. Outras 43.047 já receberam a primeira dose e aguardam a hora de finalizar o processo de imunização, recebendo a segunda dose.

Além do número de casos ativos ter apresentado queda vertiginosa, o Departamento de Vigilância em Saúde pontua outro dado positivo: a procura por atendimento no Pronto Atendimento Covid diminuiu consideravelmente na última semana quando comparado a semana anterior. É uma notícia boa, porém o percentual de pacientes que foi ao PA Covid com sintomas gripais e positivaram após se submeter ao teste foi maior com relação ao todo testado. “Isso pode estar demonstrando redução na identificação de casos, com pessoas com poucos sintomas deixando de procurar o atendimento especializado. Com isso, acabamos não tendo o diagnóstico real de casos”, explicou a assessora do DVS, Alexsandra Thomé.

Logo, enfatiza Alexsandra, segue sendo muito importante a manutenção das medidas de prevenção à Covid-19 e a procura por tratamento adequado sempre que a pessoa manifestar sintoma gripal. O DVS ressalta também que os moradores de Araucária não devem deixar de atender o chamamento para a vacina e ficar ciente de que é preciso tomar as duas doses.

Segundo o DVS, vacinação em massa é a principal razão para queda no número de casos. Foto: Carlos Poly

Texto: Waldiclei Barboza

VEJA TAMBÉM