A  Prova Paraná, será aplicada aos estudantes nos dias 4 e 5 de maio, em todas as redes estaduais de ensino. A edição será a primeira em formato totalmente presencial desde 2020, com duração de 2h30 por dia, durante o horário de aula e outras duas provas acontecerão em 2022, para avaliar os dois outros trimestres letivos. O exame, que abrange todas as disciplinas, tem o objetivo de fornecer um diagnóstico sobre o nível de aprendizado dos estudantes de cada série em relação aos conteúdos abordados em sala de aula neste primeiro trimestre e o s resultados auxiliam os professores e as equipes gestora e pedagógica dos colégios a aprimorar suas ações pedagógicas e estratégias de ensino-aprendizagem.

“Não é uma avaliação de desempenho, é uma avaliação diagnóstica. É para entender como está a minha turma, o meu estudante, e quais serão os meus passos futuros”, diz Roni Miranda, diretor de Educação da Seed-PR (Secretaria de Estado da Educação e do Esporte). “É um raio-x para a gente tomar as próximas medidas, entender quais conteúdos precisam ser revistos, quais habilidades devem ser aprofundadas com os estudantes e de quais delas eles já se apropriaram.”

A correção continuará sendo realizada por meio do aplicativo Corrige (disponível para o sistema Android e desenvolvido pela Seed-PR) ou manualmente, via site e scanner. Os dados serão divulgados por meio do Power BI para toda a rede estadual de ensino.

Divisão dos cadernos — No primeiro dia de prova, os estudantes responderão a questões das áreas de Linguagens e de Ciências Humanas. Já no segundo dia, o conteúdo será referente às áreas de Matemática e Ciências da Natureza. A divisão é a mesma para todos os estudantes da modalidade regular, desde o ensino fundamental II (6º a 9º ano) até o ensino médio (1ª a 3ª série).

Já para estudantes da EJA (Educação de Jovens e Adultos), a divisão dos conteúdos varia de acordo com o semestre sendo cursado pelo estudante. As escolas também fornecerão provas adaptadas às necessidades dos estudantes da Educação Especial.

Foto – divulgação

Texto: Assessoria

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp