Pesquisar
Close this search box.

2º Desafio Quarentena contou com 55 participantes e foi um sucesso

Hailton Rodrigues foi um dos participantes do Desafio, e disse ter superado seus próprios limites. Foto: divulgação
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
2º Desafio Quarentena contou com 55 participantes e foi um sucesso
Hailton Rodrigues foi um dos participantes do Desafio, e disse ter superado seus próprios limites. Foto: divulgação

O 2º Desafio Quarentena de Corrida de Rua, que ocorreu entre os dias 21 a 27 de fevereiro, e foi promovido pelo Grupo Unidos e Fortes, foi um sucesso e recebeu muitos elogios dos participantes. A prova contou com a participação de atletas de várias equipes da cidade, além de corredores independentes. A duração foi de sete dias, com o propósito de somar o maior número de quilômetros percorrido, realizado de forma virtual, onde os atletas registraram seus treinos em aplicativos e enviaram diariamente para a comissão organizadora. “O resultado surpreendeu a todos. Impressionante a garra dos competidores, fica difícil imaginar que um atleta que normalmente tem suas tarefas rotineiras como trabalho, família e demais afazeres consiga tamanha façanha”, comentou Lucas Garcia.

Ele conta que o desafio foi uma proposta para tirar da comodidade as pessoas que normalmente praticam atividade física, mas em função do momento atual, estavam paradas ou diminuíram seus treinos. “Este foi um desafio diferente, que exigiu muito foco e suor. Foi uma proposta ousada, que foi encarada com muita determinação, foram sete dias de muita emoção e tensão” observou.

O campeão masculino foi Wisnei Alves, com impressionantes 218 km percorridos, o que equivale a mais de cinco maratonas, em apenas sete dias. Na categoria feminina, Zenilda Rodrigues levou o primeiro lugar com 153 km. Vários outros destaques da prova também fizeram distâncias de ultra maratona. Ao todo participaram 55 atletas, percorrendo uma distância de 3.729 quilômetros. “Ao lançar o desafio não acreditávamos que seria uma disputa tão acirrada, pensamos em uma brincadeira entre amigos. Porém, o espírito competitivo reinou entre os atletas e nós como incentivadores adoramos”, comenta Garcia.

O desafio seguiu os decretos de saúde e orientou os participantes a fazerem suas atividades com segurança, mesmo sendo virtual, onde cada atleta escolheu o local e fez seu horário. A competição contou com apoiadores, que como de costume, responderam bem aos apelos, entre eles Tici Guertes Massoterapeuta, Bárbara Lopes Nutricionista e SMEL Araucária, além de vários outros parceiros que ofereceram brindes para sorteios. “Nossos desafios tanto nas corridas como nas bikes são recebidos com alegria por parte dos participantes, e tem um prestígio muito grande entre nossos apoiadores, isso se deve ao trabalho que realizamos há mais de cinco anos em benefício ao esporte”, lembrou Rosinha.

Premiação

A premiação terá horários agendados pela organização do Desafio e os prêmios serão entregues individualmente. O participante receberá uma medalha de participação, além de troféu para os cinco primeiros colocados masculinos e cinco primeiros femininos. “Nesta disputa não dividimos os atletas por categorias”, reforçou Lucas.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1252 – 11/03/2021