O Clube de Ciências Augusto Ruschi (CCAR) completou recentemente 30 anos de atividades científicas desenvolvidas voltadas à comunidade escolar e à população. Rumo aos 31 anos, faz-se necessária uma reflexão sobre sua contribuição ao longo dos anos.

O objetivo do Clube é o de divulgar e instigar o interesse pela ciência, na construção do pensamento crítico e o desenvolvimento da aprendizagem, desmistificando assim o conhecimento científico como algo palpável.

O CCAR, localizado em Araucária, foi criado a partir de um sonho de um grupo de professores de Ciências da Rede Municipal de Educação, em propor um trabalho diferenciado, no sentido de despertar o interesse dos alunos pela Ciência. O nome Augusto Ruschi (1915-1986), defensor intransigente das florestas, cientista, agrônomo, ecologista e naturalista brasileiro, tornando-se respeitado especialista em beija-flores e orquídeas do Brasil, foi escolhido para homenageá-lo.

De acordo com o projeto inicial (1991), o CCAR atendia alunos destinados à comunidade escolar, do ensino fundamental 2 (6º ao 9º anos) em contraturno, onde vários estudos eram realizados e muitos projetos eram desenvolvidos como: microscopia, zoologia, ecologia, terrário, plantas medicinais,
entre outros. Em 1997, houve sua primeira reestruturação e novas linhas de ação foram colocadas em prática: expedições científicas, visitas orientadas, jornal e museu escolar. Em 2001 incluíram-se novas propostas como: mecatrônica, química e física experimental, fotografia a em lata, biomas brasileiros, exposições itinerantes e representatividade em congressos para divulgação dos trabalhos de alunos e professores. Em 2009, iniciou-se uma parceria com os professores de Ciências com palestras
e práticas elaboradas de acordo com as necessidades pedagógicas: água, educação sexual, higiene, química e física experimental. Projetos sobre reciclagem, biotecnologia, cuidados com H1N1, exposições em parceria com Museu de História Natural, complementam as linhas de ação em 2011.

Desde o início das atividades até 2010 o CCAR estava localizado em uma sede própria no centro da cidade. Após este período passou por outros endereços até o ano de 2019, em que foi proposto um novo formato de organização se instalando em uma Unidade Educacional, para ampliação do atendimento e oferta de práticas para alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Nessa dinâmica, foram inaugurados mais 3 polos no início de 2021.

Atualmente, o CCAR possui 5 polos dentro de Unidades Educacionais de Araucária, sendo a sede na EM Ibraim Antônio Mansur, o Polo 1 na EM Arlindo Milton Druszcz, o Polo 2 na EM Prof. Ambrósio Iantas, Polo 3 na EM Pedro Biscaia e Polo 4 na EM Mª Aparecida Saliba Torres, totalizando aproximadamente1.682 alunos. Esses espaços atendem os alunos matriculados nestas unidades Página 4 Araucária, 7 de abril de 2022 OPINIÃO Jornal O Popular do Paraná – Edição 1306 com aulas práticas diferenciadas de Ciências, de acordo com o Currículo Municipal, e com projetos pedagógicos interdisciplinares, direcionados para uma Educação Socioambiental.

Ao longo destes anos, o CCAR passou por diversos formatos e propostas pedagógicas, com inúmeros profissionais que atuaram com o mesmo objetivo: o trabalho de conscientização e experimentação científica de qualidade e acessível em diferentes regiões de Araucária. Em um futuro próximo deseja-se ampliar este espaço laboratorial para toda a Rede Municipal de Educação.

Texto: Karla Fabianne Haunn, Thaís Jannuzzi Chaves Departamento de Articulação Pedagógica (DAP) / SMED

Publicado na edição 1306 – 07/04/2022

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp