No domingo, 26 de junho, mais de 200 araucarienses e moradores de outras cidades puderam matar a saudade de uma brincadeira de criança conhecida pelos mais antigos como setra, bodoque ou pelotaço. Mas você deve estar aí ser se perguntando, que tipo de brincadeira é essa? É o famoso estilingue, que há muito tempo deixou de ser uma simples brincadeira e virou competição.

O promotor de eventos araucariense Rafael Paraná é um desses apaixonados pelo esporte e no domingo, 26 de junho, ele promoveu mais uma edição do Torneio de Estilingue, no Centro de Eventos Juliartes, localizado no bairro Porto das Laranjeiras. Segundo ele, esta foi a 7ª edição da competição. “Antes da pandemia eu organizei quatro torneios e depois da pandemia este foi o terceiro. Inclusive já fizemos reuniões para constituir uma associação e difundir mais o esporte na cidade. Pra se ter ideia, essa última edição atraiu mais de 200 pessoas, tanto homens quanto mulheres, de todas as idades, porém a grande maioria veio de outros municípios paranaenses”, comentou Rafael.

Segundo ele, uma nova edição do torneio de estilingue deverá ocorrer no próximo mês, mas a data ainda não foi definida. “Acho o esporte muito bacana e vou me esforçar ao máximo para incentivar as pessoas a nunca deixarem de praticá-lo”, garantiu.

Vencedores

Modalidade munição esfera de aço 

1º Pedro Lauriano (Curitiba)

2º José Carlos Wegrzinoski (Lapa)

3º Valter Rantin (Marialva)

Modalidade 30 tiros “bulica”

1º Valmir Lacoski (Curitiba)

2º Pedro Lauriano (Curitiba)

3º Valter Rantin (Marialva)

Modalidade classificatória

1º Marcelo Bueno (Araucária)

2º Valter Rantin (Marialva)

3º Tadeu Cibin (Curitiba)

Modalidade feminina

1º Lucimara Alano (Colombo)

7º Torneio de Estilingue reuniu mais de 200 pessoas, O Popular do Paraná
Foto – divulgação

Texto: Maurenn Bernardo

VEJA TAMBÉM

Compartilhe