A base das pontes metálicas

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Vemos aqui uma foto de 1910, a multidão acompanha a colocação das grandes pedras que formam a base das Pontes Metálicas sobre o Rio Iguaçu.
A primeira construção foi feita em madeira, uma obra projetada e construída pelo Engenheiro inglês Walter Joslin, quando da passagem da comitiva do Imperador D. Pedro II em 1880 rumo à Cidade da Lapa. Até então a travessia entre as margens era feita através de vaus, mas para a passagem de tantas pessoas, animais e carroças e carruagens tornava o local perigoso e difícil, e, com a visita imperial, toda população ganhava com a construção de uma ponte.
A ponte em madeira teve uma vida razoavelmente longa, em 1905 uma das famosas grandes enchentes do Rio Iguaçu destruiu as pontes e as travessias retornaram ao seu primeiro meio, após algum tempo de estudos novas pontes foram construídas, desta feita seriam utilizados metais para garantir uma longa vida para a nova obra. Já em 1910 as pedras que fazem a base das pontes já estavam praticamente todas no lugar, e, as peças de metal que iriam construir as Pontes Metálicas como as conhecemos, já estavam a caminho do Brasil vindas da Bélgica e fizeram uma longa travessia pelo Oceano Atlântico até chegar no Porto de Paranaguá, e, de lá as peças foram embarcadas em trens que vieram direto para a Estação de Araucária.
Quando os trens chegavam em Araucária, as peças de metal foram carregadas em carroças (e foram usadas dezenas) e transportadas para a base de pedra na Rua Benjamin Constant, local onde as peças metálicas foram montadas, soldadas, parafusadas e até hoje estão resistindo ao tempo e durante décadas tinham águas límpidas no mesmo leito, que hoje se encontra poluído. As pessoas desta foto, foram testemunhas do início da construção dos dois sólidos monumentos que até hoje são admirados e permanecem com sua construção original. A passagem em madeira é renovada por períodos, mas as pedras e os metais estão ali há mais de um século.
Destacamos um personagem em especial nesta foto. O senhor de longas barbas brancas à esquerda é o Senhor João Sperandio, ilustre personagem nascido e criado em Rio Abaixinho, que teve grandes destaques como parte da História de Araucária. Desde a primeira construção até os dias atuais, as pontes metálicas sobre o Rio Iguaçu tem história para contar. Faz parte dos monumentos preservados de Araucária, teve sua reinauguração em fevereiro de 1915 e foi Tombada pelo Patrimônio Histórico através do Decreto 2.580/81 em 21 de janeiro de 1981 embasado na Lei Estadual 1211/53. É considerado Cartão Postal de Araucária.

A base das pontes metálicas
Foto – Acervo do Arquivo Histórico Archelau de Almeida Torres

Texto: Terezinha Poly

Compartilhar
PUBLICIDADE