A Escola Archelau na década de 1960

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Apesar de não haver nesta foto, uma data indicando quando foi feita, as imagens remetem à década de 60, quando por este bairro poucas construções existiam. A construção modesta ao fundo era a primeira instalação da Escola Archelau de Almeida Torres.


O terreno onde hoje está localizado o Parque Cachoeira e o Museu Tingui Cüera, anteriormente abrigou a Fábrica de Massa de Tomates da Família Torres. A indústria empregava dezenas de pessoas e ainda dentro da área, havia uma vila onde as casas eram destinadas às famílias de empregados, na oportunidade o Sr. Archelau cedeu o terreno para construção de uma escola e uma capela, assim seus empregados podiam trabalhar perto de casa e as crianças já tinham a escola para seu primeiro aprendizado. A proximidade entre residência, emprego e escola trazia grande tranquilidade para as famílias apesar de toda calma que ainda reinava neste lugar.


O Bairro de Jardim Iguaçu, era um lugar bastante calmo, em seus terrenos havia uma grande quantidade de olhos de água, o que tornava grande parte dos terrenos banhados e por isso havia tanto espaço vago no local. A escola ainda foi construída em uma parte do terreno que não possuía esse problema, apesar da proximidade com o Tanque do Parque Cachoeira. Mas, aqui estamos mostrando uma escola pequena, modesta construída em madeira, ao fundo de um terreno que a distanciava da rua e também deixava espaço para as crianças brincarem na hora do recreio.


Atualmente a Escola Archelau de Almeida Torres é uma das maiores instituições de ensino de Araucária, passou por recentes reformas e foi transformada em um imponente prédio que em nada lembra sua simples primeira construção. Os primeiros alunos eram filhos dos operários da fábrica, hoje são jovens que vem dos quatro cantos de Araucária e são educados em uma das escolas de referência Estadual e reconhecidamente uma das melhores instituições de ensino dos últimos anos.


O terreno onde foi construída a escola e até mesmo onde está toda sua ampliação, foi uma doação da Família Torres. O nome da escola é uma homenagem ao empresário que trouxe para cidade progresso e empregos. O Sr. Archelau de Almeida Torres hoje já é de saudosa memória. Seus diversos terrenos, antes vagos, agora são ocupados por diversas obras comerciais e residenciais.


Poucas pessoas ainda lembram do tempo que a Escola Archelau era uma modesta construção em madeira e muito tempo se passou desde que aqui o número de alunos era baixo. A Escola Archelau de Almeida Torres é um dos maiores exemplos de progresso pelo qual Araucária passou nos últimos anos e se transformou, assim como essa escola, em um exemplo e símbolo de perseverança.
Texto de TEREZINHA POLY – Administradora da Página Araucária uma Cidade uma Saudade Foto do acervo do Arquivo Histórico Archelau de Almeida Torres

Compartilhar
PUBLICIDADE