A vista distante do centro de Araucária

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Pensem como era quando as pessoas vinham para o centro de Araucária pela Avenida Independência há 102 anos atrás. Ainda levaria alguns vários anos pela frente, até que o Governo do Estado abrisse neste paredão de árvores uma grande estrada reta que a princípio levaria apenas o nome de Estratégica, e levaria outras tantas décadas para que a Estratégica recebesse asfalto, tivesse incentivo do governo federal e passasse a se chamar BR 476. Pois bem, essa era a vista distante do centro de Araucária em 1920.
Como podemos notar, nossa cidade era uma composição de diversas casas todas próximas umas das outras, com destaque para algumas grandes construções, que eram os prédios públicos. Mas partindo da visão desta foto, temos no centro e local mais elevado da cidade a primeira construção da Igreja Matriz Nossa Senhora dos Remédios, logo abaixo um prédio com diversas janelas, era onde se localizava também a primeira construção do Forum Civil, na época de 1920, o Forum dividia suas salas com o Grupo Escolar “Dias da Rocha” que teve sua Sede própria em 1928. As outras casas que parecem bastante amplas foram utilizadas pelo médico polonês Dr. Julio Szymanski que na década de 20 fundou, trabalhou e dirigiu em Araucária um Sanatório, infelizmente não há marcas para identificar este local. Notem que as ruas que conhecemos bem ainda não existiam, e, muitas das casas e outras construções já deixaram de existir com o passar dos anos.
Este foi o centro de Araucária há mais de um século atrás, atualmente o centro está tomado por modernas construções e prédios de vários andares, ondem vemos essa mata atualmente há vários estabelecimentos comerciais, incluindo o Terminal de Ônibus, a Rodovia do Xisto e seu imenso tráfego substituiu essa pacata paisagem. Creio que não haja quem tenha conhecido essa Araucária ainda vivo, mas podemos ainda recordar o que já foi o nosso passado e conhecer um pouco do que fomos e acompanhar as mudanças que ocorrem diariamente por conta do progresso. Já não somos mais uma cidade pequena e de pouco movimento.

A vista distante do centro de Araucária
Foto – acervo do Arquivo Histórico Archelau de Almeida Torres Data – 1920

Texto: TEREZINHA POLY – Administradora da Página Araucária uma Cidade uma Saudade

Compartilhar
PUBLICIDADE