Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Foto: Carlos Poly

Apesar de todo acesso a informações sobre o agendamento da segunda dose da vacina contra a Covid-19 em Araucária, as dúvidas entre a população ainda são muitas. Entre elas estão a dificuldade de agendar a vacina pelo site da Prefeitura e as filas que tem se formado no local de vacinação, o Teatro da Praça, mesmo a pessoa tendo agendado dia e hora da sua vacina.

A SMSA explicou que o objetivo do agendamento é evitar filas e aglomerações, tornando mais prática a vida da pessoa, que vai no dia e hora agendados, sem ter que ficar aguardando muito tempo. Mas a população rebate. “Isso não é verdade, estou grávida, agendei minha segunda dose e fiquei quase duas horas na fila”, reclamou uma moradora. Outro morador disse que tentou agendar a vacina pelo site e só depois de muitas tentativas, finalmente conseguiu. “Não entendo, eles fazem isso pra facilitar a vida da gente, mas o resultado é o contrário”, comentou. Sobre isso, a Saúde explicou que quando a pessoa não consegue fazer o agendamento pelo site, poderá tentar através do Disque Corona 0800-642-5250.

Atenção

A população deve ficar atenta à data anotada na caderneta que indica quando deve ser feita a segunda dose. De acordo com a SMSA, essa anotação a lápis é chamada aprazamento. No agendamento, é necessário escolher o dia mais próximo possível desta data marcada a lápis.

Na hora da vacina é obrigatório apresentar um documento oficial com foto e a carteira de vacinação com o registro da dose um. O atendimento na segunda dose não será por ordem de chegada, mas sim pela agenda. Os intervalos recomendados de cada fabricante são os seguintes: Pfizer e Astrazeneca: três meses, Coronavac: 28 dias.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1270 – 15/07/2021

VEJA TAMBÉM