Agricultura Familiar e Alimentação Escolar

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

A Legislação Federal orienta que do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE no âmbito do PNAE, no mínimo 30 % (trinta por cento) seja utilizado na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar.

Durante o ano letivo de 2022 foram adquiridos da Agricultura Familiar diversos produtos para a preparação das refeições das crianças/estudantes matriculados na Rede Municipal de Ensino de Araucária.

A parceria entre a Secretaria de Educação e a Secretaria Municipal de Agricultura, que, após a publicação da chamada pública, fez o contato com os produtores e o incentivo para que participassem, auxiliando com a documentação e elaboração dos processos de credenciamento, resultou em 46 credenciamentos no ano de 2022. Dos credenciados, 41 são agricultores/produtores, 04 cooperativas e 01 associação, quase o dobro comparado com o ano de 2021, ampliando, assim, a oferta de produtos como: morango, kiwi, pêssego, abóbora, pêra, geléia de frutas, suco integral, pães, verduras, legumes e ainda legumes picados embalados a vácuo, enriquecendo os cardápios das unidades educacionais com alimentos adequados, respeitando a sazonalidade, cultura, tradições e os hábitos alimentares saudáveis.

Diariamente são atendidas mais de 18.000 crianças/estudantes na Rede Municipal de Ensino de Araucária, sendo servidas mais de 34.000 refeições.

Todos sabemos o quanto é importante uma alimentação saudável para o desenvolvimento das crianças, destacando a necessidade de apresentar diversos tipos de alimentos, pois é na infância que as crianças desenvolvem os hábitos alimentares.

Os produtos entregues pela agricultura familiar são fresquinhos e de extrema qualidade, direto do produtor para as unidades educacionais.

A oferta de produtos da Agricultura Familiar promove o incentivo aos agricultores, bem como a Segurança Alimentar e Nutricional, permitindo que alimentos saudáveis e com vínculos regionais possam ser ofertados diariamente às crianças e estudantes da rede pública municipal.

Fica aqui nosso convite para que os produtores, cooperativas e associações participem da próxima chamada pública que acontecerá em 2023.

Compartilhar
PUBLICIDADE