O araucariense Leonardo Ferreira é um verdadeiro guerreiro. Há alguns anos, ele sofreu um grave acidente e desde então ficou preso a uma cadeira de rodas devido a uma tetraparesia (perda parcial das funções motoras dos membros inferiores ou superiores). Mas nem mesmo esta condição o impede de levar uma vida praticamente normal. O único problema é que de vez em quando, quando a coisa aperta, ele precisa recorrer a ajuda das pessoas para conseguir melhorar sua qualidade de vida.

Dessa vez ele está organizando uma rifa para conseguir comprar uma nova cadeira motorizada. “Minha cadeira atual é motorizada e adquiri há seis anos, também através de uma rifa. Porém o equipamento não atende mais as minhas necessidades, já passou por várias manutenções e o custo dos serviços é sempre muito alto. Agora a bateria dela também já não suporta mais a carga e um par novo custa mais de dois mil reais. E mesmo que eu troque as baterias, são grandes as chances de o motor dar problemas. Então decidi investir numa cadeira nova, mas o custo é alto demais, e sozinho não consigo”, disse Léo.

Ele tem uma lesão alta na cervical C4, 5 e 6, e pouco equilíbrio de tronco, uma altura de 1,89m, e tudo isso exige que a cadeira seja específica.  “O custo é de cerca de R$ 14mil. Fiz muitas pesquisas e orçamentos e esta foi a que achei mais em conta, dentro do que preciso. A rifa é para conseguir esse valor”, comenta.

Sobre os bilhetes Os números da rifa custam R$ 5,00 e o prêmio é um Smartphone Samsung Galaxy S20 FE, ou se o ganhador preferir, poderá receber em dinheiro o valor de R$ 2mil. O sorteio será feito pela Loteria Federal, no dia 11 de junho. Interessados em adquirir a rifa poderão fazer um PIX na chave CPF 048 651 499-45, em nome de Leonardo Ferreira. “Quem quiser poderá entrar em contato comigo, pelo whatsapp (41) 99776-1571, que eu preencho os bilhetes e mando a foto para o comprador conferir a numeração. Também podemos levar os bilhetes até a pessoa ou mesmo os blocos, para quem quiser nos ajudar com a venda”, disse Léo.

Foto – divulgação

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp