Compartilhe esta notícia
Aluno do Szymanski se classifica para Olímpiada Internacional de Astronomia e Astronáutica - notícias da Capa Geral  - O Popular do Paraná
Gabriel é um jovem talentoso e vem demonstrando suas habilidades com os números em cada competição que participa. Foto: Marco Charneski

Um aluno dedicado, focado nos estudos e sempre disposto a ampliar seus conhecimentos. Foi com essas palavras que o diretor do Colégio Estadual Professor Júlio Szymanski, Andre Gotfrid, descreveu Gabriel Piccioni, 16 anos, estudante que acaba de conquistar medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA 2020). “Infelizmente a pandemia ocasionou o cancelamento de algumas olímpicas que o Gabriel iria disputar, mesmo assim ele conseguiu uma conquista este ano. Ele é um aluno exemplar, se esforça muito, merece os prêmios que recebe”, comentou o diretor.

Gabriel está no 2º ano do curso Integrado em Administração, e vem quebrando o tabu de que estudantes de escolas públicas não podem ir longe em competições de altíssimo nível. Com a mais recente conquista, ele já está na lista de estudantes convidados para participar das seletivas internacionais de Astronomia. Humilde mesmo sendo um campeão e tirando de letra os grandes desafios, o estudante disse que a prova não foi tão desafiadora. “Não sei se sou merecedor de tantos elogios. Acredito que as seletivas para as internacionais sejam muito mais desafiadoras”, comentou.

Este ano, por conta da pandemia, ele teve que adiar alguns sonhos, como a participação na OPRM (Olimpíada Paranaense de Matemática), na OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas), na OBM (Olimpíada Brasileira de Matemática), na Canguru e OBFEP (Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas), provas que foram canceladas. Ainda assim, está otimista para 2021. “Vou participar das seletivas internacionais, treinar para o vestibular da UFPR no curso de Matemática na modalidade treineiro, para a OBM que foi adiada para março, participar novamente da OBMEP, OPRM e OBA, e fazer a ONC (Olimpíada Nacional de Ciências), OBFEP (Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas), OBF (Olimpíada Brasileira de Física), OBECON (Olimpíada Brasileira de Economia), OPRQ (Olimpíada Paranaense de Química) e Canguru”, cita.

Coleção de medalhas

Entre as conquistas do aluno do Szymanski estão a medalha de ouro na Olimpíada Paranaense de Matemática (OPRM 2019), prata na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2019) e ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA 2020).

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1243 – 17/12/2020

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio