No intuito de reconhecer o Carnaval como uma manifestação cultural brasileira, resgatando as tradições e despertando o interesse em relação às folias carnavalescas, a Escola Edvair José Leme de Campos/Apae Araucária organizou uma ação divertida com seus alunos. Eles participaram de um Bailinho Carnavalesco no dia 24 de fevereiro e tiveram a oportunidade de identificar músicas alusivas à data, cantar e dançar marchinhas e outros ritmos, trabalhando a memória e o raciocínio, desenvolvendo a percepção, a coordenação motora e a imaginação.

Segundo a diretora da Apae, Anilcéia Araújo de Sousa, o evento seguiu o protocolo de biossegurança com relação à Covid-19, e ajudou a promover a socialização dos educandos. “Foi importante para conscientizá-los de que não se deve misturar diversão com confusão, desenvolvendo entre eles o espírito criador, estimulando o ritmo e a expressão corporal, despertando a atenção e a observação, proporcionando liberdade de auto expressão”, explicou.

Antes da realização do Bailinho Carnavalesco, no decorrer da semana as professoras trabalharam com os alunos em sala de aula, conteúdos sobre a história do Carnaval. “Eles confeccionaram máscaras, pompons, confetes, colares e toda a decoração do ambiente para o bailinho e depois se divertiram muito”, comentou.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1301 – 03/03/2022

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp