Pesquisar
Close this search box.

Aniversário de Araucária: araucarienses prestam homenagem à cidade com suas criações artísticas

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Araucária faz aniversário neste sábado, 11 de fevereiro. São 133 anos de uma das cidades mais importantes do Paraná, que está em pleno crescimento. De acordo com dados preliminares do Censo 2022, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no dia 28 de dezembro, Araucária viu sua população aumentar em praticamente 40% desde 2010.

Números que mostram o quanto Araucária cresce, se solidifica e se eterniza. Uma cidade que também é berço de grandes artistas. E são eles que, através dos seus dons artísticos, prestam homenagens, seja através de uma escultura, um desenho, uma poesia ou até no esboço de uma tatuagem, que vai eternizar a cidade na pele de um de seus ilustres moradores.

Charles Moraes

Charles Moraes é tatuador há 20 anos e tem mais de 30 prêmios conquistados em convenções pelo Brasil e exterior. Sua especialidade são os desenhos hiper-realistas. Com sua arte, ele consegue transformar os desenhos em realidade na pele das pessoas. Charles também desenha rostos de pessoas e animais, idênticos, para eternizar na pele quem amamos e também realiza coberturas e reformas de tatuagens, resgatando a autoestima dos clientes.

Em Araucária, ele está prestes a completar 10 anos de estúdio e por 9 vezes já foi eleito pelo voto popular como “o melhor estúdio da cidade”, no Prêmio Melhores do Ano. Atualmente está abrindo um novo estúdio no bairro São Lourenço, em Curitiba, chamado “Majestade tattoo café”, onde reúne vários profissionais artistas premiados e conceituados pelo Brasil. O estúdio também vai ofertar cursos de desenho, pintura, tattoo e grafite, e como diz o artista, será um espaço onde as pessoas vão “respirar arte”.

A inauguração está prevista para o dia 26 de março. Todo esse sucesso o artista atribuiu à confiança e apoio dos clientes de Araucária, que exaltaram e levaram sua arte para um nível ilimitado. “Sou eternamente grato por isso e levarei o nome de Araucária sempre comigo, por onde eu for”, diz Charles.

Adrielle Claraliz

Adrielle Claraliz é moradora de Araucária há mais de 20 anos. Começou a escrever seus primeiros versos ainda na adolescência, mas foi só na primavera de 2020, durante um momento muito delicado da sua vida, que teve coragem de mostrar suas poesias pela primeira vez, criando um perfil no Instagram @girassolnoolhar.

Aniversário de Araucária: araucarienses prestam homenagem à cidade com suas criações artísticas
Foto: Divulgação.

A partir de então, sentiu-se segura por ser anônima e se abriu para mostrar cada vez mais a sua arte, que por muito tempo ficou guardada em uma gaveta e trancada a sete chaves no íntimo de um coração.

Hoje Adrielle Claraliz é autora e co-autora em 7 livros e leva sua poesia para todas as pessoas que transbordam flores nos olhos e exalam perfume na alma.

Araucária

Aqui cheguei ainda menina
com o coração cheio de sonhos eu sorria.
Aos que aqui nasceram
muita história para contar.
Aos que aqui chegaram
muitos motivos para acreditar.
Como uma mãe ela me abraçou.
Muitos outros filhos ela acolheu,
grandes conquistas ela alcançou,
um exemplo se tornou.
Com suas culturas e seus sabores.
Suas batalhas e seus amores,
ela honra o nome que leva.
É de luta e persistência
de muitos povos e várias crenças,
Araucária é de todos/as,
é resistência.

Misael Ivan Varela Santos

Misael Ivan Varela Santos, 18 anos, mora em Araucária e se intitula um desenhista intermediário da cidade. Desenha há 8 anos, mas começou a se dedicar mesmo a essa arte há cerca de 3 anos.

Nunca fez curso de desenho, tudo que sabe aprendeu praticando, assistindo vídeos no YouTube e alguns e-books que o ajudaram a evoluir e chegar no nível que está hoje. Misael vem se especializando em desenhos do corpo humano e caricaturas, não tem tanta habilidade em desenhar cenários. Sendo assim, confessa que produzir um desenho em homenagem à Araucária foi um grande desafio.

Aniversário de Araucária: araucarienses prestam homenagem à cidade com suas criações artísticas
Foto: Waldiclei Barboza.

José Arildo

José Arildo Vieira mora em Araucária desde 1995 e desde 2003 é membro do grupo de poetas e escritores “Poesia em Movimento”, do qual já foi coordenador em 2004. Desde que chegou na cidade sempre foi um ativista do movimento cultural. Participou de diversas feiras do livro e organizou concursos de poesias entre estudantes, um destes resultando na edição de um livro.

Aniversário de Araucária: araucarienses prestam homenagem à cidade com suas criações artísticas
Foto: Marco Charneski.

José Arildo é autor de uma lista extensa de poemas, que falam de temas como Araucária, Dia da Mulher, Dia do Feirante, Dia da Poesia, Outubro Rosa (prevenção do câncer de mama e colo de útero) e tantos outros. Por diversas vezes foi convidado a ministrar palestras, declamar poesias e também a fazer apresentações de eventos na cidade.

Sempre demonstrou seu amor por Araucária, a cidade que o recebeu de braços abertos, se dedicando à preservação da cultura ou escrevendo poemas, a exemplo deste, que presta uma homenagem aos 133 anos do Município.

Araucária, 133 anos

Araucária, 133 anos,
De muita luta e história,
Cidade simples da região metropolitana.
Quem aqui mora grava na memória,
Tudo que aqui acontece e a ama.
A cidade da região metropolitana,
Com um grande crescimento,
O seu desenvolvimento valoroso,
Não deixou nada no esquecimento.
Seu povo trabalhador e amoroso,
Em tudo que faz a cidade que cresce no momento,
Tem um grande desenvolvimento na área rural e industrial,
Em asfalto, pontes e iluminação e os agricultores,
Plantando para a alimentação da cidade,
No comércio um grande desenvolvimento em muitas atividades.
Nestas simples palavras, a minha homenagem a esta cidade e seu povo que me recebeu de braços abertos. Moro em Araucária desde 1995 e amo sua cultura e sua história.
Parabéns, Araucária!

Noelle Porto

Aniversário de Araucária: araucarienses prestam homenagem à cidade com suas criações artísticas
Foto: Raquel Kriger de Paiva.

Noelle Porto, 34 anos, é artista plástica e caricaturista nascida em Araucária. Iniciou suas obras desde muito pequena no Município, e aos 10 anos de idade já havia feito sua primeira venda. É uma artista apaixonada pelo que faz, destina suas energias na criação de obras em estilo caricatas e também retratos figurativos. Possui intimidade com técnicas adquiridas ao longo dos anos, sendo elas o grafite, pintura a óleo, em acrílico, aquarela e pintura digital.

Noelle também tem obras comercializadas nacionalmente e internacionalmente e além de realizar encomendas, a artista atua ao vivo em eventos. Todas as obras feitas por Noelle Porto sempre recebem muito amor, dedicação e interpretação, que emocionam seu público.

Moisés Rodrigues Ribas e a esposa Adriana Furtado Pereira

Aniversário de Araucária: araucarienses prestam homenagem à cidade com suas criações artísticas
Foto: Marco Charneski.

Moisés Rodrigues Ribas e a esposa Adriana Furtado Pereira possuem um talento nato para as artes plásticas. Em 2021, forçados pela pandemia, eles decidiram fazer mais do que cortar cabelos para sobreviver…sim, os dois são cabelereiros! Moisés e Adriana começaram a fazer esculturas utilizando como matéria-prima vergalhões de construção civil e concreto, materiais difíceis de serem trabalhados.

O primeiro a embarcar nessa foi o Moisés, ele não tinha noção nenhuma sobre a arte de esculpir e então foi pesquisando, estudando a respeito, vendo vídeos no YouTube, aprendendo, errando, acertando, até que as primeiras esculturas foram saindo. Adriana logo se empolgou e colocou a mão na massa, ou melhor, no concreto. Artistas e cantores famosos como Marcos Mion e Anitta, dinossauros e outros animais, personagens infantis, budas e tantas outras figuras, inclusive o prefeito de Araucária, Hissam Hussein Dehaini, já serviram de inspiração para as esculturas do casal. Moisés e Adriana são gratos a tudo que a cidade lhes proporciona e como forma de agradecimento, fizeram uma escultura em homenagem aos 133 anos de Araucária.

Aldemiro Wilmar Matiak

Aniversário de Araucária: araucarienses prestam homenagem à cidade com suas criações artísticas
Foto: Divulgação.

Aldemiro Wilmar Matiak, 52 anos, é guarda municipal de Araucária há 12 anos, sendo 11 deles no serviço de rua. Atualmente é coordenador operacional, responsável pelas publicações da GMA e pelos contatos da corporação com a imprensa. Formado em Licenciatura Plena — Pedagogia, com graduação e pós-graduação em Segurança Pública, há cerca de 9 anos tem como principal hobby escrever poemas nas horas de folga. Matiak também tenta expressar seu ponto de vista, sua forma de ver o mundo, suas ideias e seus desejos através da fotografia.

Não sou daqui

Dessa terra de largas avenidas,
De luzes reluzentes,
Não sou dessa terra,
Dos Pinheiros Frondosos,
Da fartura!
Não,
Eu não sou dessa terra,
Que me acolheu,
Essa terra,
Que recebe a todos,
Com a pamonha feita,
O pinhão já cozido,
Ou assado…
Essa terra,
onde tudo que se planta,
Se colhe bem!
Não sou dessa terra,
Mas,
Amo e defendo,
Como se fosse!
Defendo a gente,
Os costumes,
Enfim…
Eu te defendo,
Araucária!