Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
O subtenente finalizará as atividades na PM na próxima segunda-feira, 10 de setembro

 

O subtenente Luis Carlos Nemer está encerrando suas atividades na Polícia Militar, após 35 anos de trabalhos prestados à corporação, sendo, destes, 30 anos dedicados à 2ª Cia do 17º Batalhão, em Araucária.

“Servi ao Exército por cerca de um ano e meio, e, como gostei muito da carreira militar, resolvi fazer o concurso para a PM. Durante 25 anos realizei meu trabalho nas ruas, com muitos plantões. Nos últimos 10 anos, atuei como responsável pela Secretaria de Trânsito, onde estou até hoje e agora finalizo meus trabalhos na corporação”, contou Nemer.

Durante todos esses anos como policial militar, Nemer, ou mais conhecido pelos colegas de profissão como o “sub Nemer”, o que mais marcou sua carreira foram os casos de homicídio e suicídio. “É muito triste nos depararmos com famílias chorando por seus entes queridos, ainda mais porque sabemos que, no casos dos assassinatos, o maior vilão ainda é o tráfico de drogas que gera inúmeras outras ocorrências, desde as mortes violentas, até roubos e furtos”, afirmou.

Nemer acredita que a tendência é que seus colegas tenham ainda mais trabalho nos próximos anos, visto que há criminalidade em ascendência por todo o país. “O governo precisa se mexer, talvez mudando algumas leis e formas de punição”, comentou. Desde que começou a trabalhar em Araucária, Nemer viu a cidade crescer e a violência também cada vez mais aumentando, principalmente pela proximidade com a capital, conforme ele disse. “Ainda assim, mesmo com os números atuais, confio muito na equipe com que vim trabalhando nos últimos anos. Sempre muito prestativa, dedicada, honesta e, o principal, atua com muito amor pela profissão. Isso certamente faz a diferença no resultado dos trabalhos, onde a população de bem é a grande beneficiada”, disse.

Com toda a experiência de 35 anos de PM, Nemer deixou um recado para os próximos policiais que estão prestando concurso e aos que entraram recentemente na corporação. “Manter a honra sempre, primando pelo bom atendimento. Pois, para o solicitante, um minuto é quase uma hora”, aconselhou o subtenente.

Os colegas da 2ª Cia, através do capitão Nelson Stoccheiro, comentaram que Luis Nemer é um grande e exemplar policial militar e pai de família. “Foi uma grande honra lutar ao seu lado. Estimamos sucesso na nova empreitada. Agora, o descanso é mais do que merecido”, desejaram os PM’s ao amigo Nemer.

Foto: Everson Santos

Publicado na edição 1129 – 06/09/18

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM