Pesquisar
Close this search box.

Araucária, 133 anos!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Não importa o quanto o tempo passe, esse lugar sempre será considerado o cartão postal de Araucária. Por tantas mudanças já passou, aos poucos casas foram construídas, comércio movimentava com o crescimento da cidade, e era aqui no centro, na Praça Dr. Vicente Machado e ao redor da Igreja Matriz Nossa Senhora dos Remédios que havia maior movimento. Este ano Araucária está completando 133 anos de Emancipação Política. O Decreto Estadual n.º 40 de 11 de fevereiro de 1890 que foi assinado pelo então Governador de Estado José Marques Guimarães criava o novo Município com território desmembrado dos Municípios de Curitiba e São José dos Pinhais com a denominação alterada para Araucária.                                                                       

Os bairros foram se formando aos poucos, e neste lugar onde há a Praça Dr. Vicente Machado, foi construída e Igreja Matriz Nossa Senhora dos Remédios, apesar de não parecer o centro é o lugar mais elevado da cidade e de qualquer lado que se olhe podemos ver a torre da Igreja Matriz. A cidade cresceu, mas foi no centro que se via o maior movimento, e, principalmente nos domingos, quando ainda eram poucos templos católicos na cidade e essa era religião possuía grande número de fiéis. A igreja até então era menor, a praça como sempre passava por diversas reformas, as ruas foram abertas, mas só nos anos 60 que receberam sua primeira pavimentação de paralelepípedos que mais tarde foram substituídos por blocos de concreto e finalmente foram asfaltadas.

A imagem de um centro tão verde era marca registrada em 1975, quando esta foto aérea foi feita. Ladeando a Igreja Matriz, as primeiras e mais antigas construções residenciais ainda permaneciam, em direção do Rio Iguaçu poucas casas construídas, e, as ruas por seu pouco movimento ainda eram estradas de chão, naquele ano ainda não havia projetos de condomínios como hoje temos na cidade. Aqui podemos ver que o verde ainda predominava.               

Se passaram 48 anos que essa foto foi feita, a década de 70 marcou o grande salto de progresso em Araucária. Com a inauguração da Refinaria da Petrobrás em 1977, diversas indústrias vieram em seu esteio e nossa cidade mudou para sempre. A população teve um grande aumento, muitos bairros surgiram, foram construídos conjuntos habitacionais, condomínios, e, sugiram os primeiros edifícios na cidade, nem um deles pode ser chamado de “arranha céu”, mas para os nossos padrões são realmente altos, e nos próximos anos essa Praça Dr. Vicente Machado viria passar por muitas mudanças.

Nesses 133 anos de Emancipação Política, a Igreja Matriz teve sua reforma iniciada em 1958 aumentando seu tamanho e passou por diversas revitalizações, hoje é Santuário Nossa Senhora dos Remédios. Entre as antigas casas apenas seis permanecem ao redor da praça, as outras que deixaram de existir hoje abrigam prédios residenciais e comerciais, agências bancárias e também debandar da centralização os prédios públicos como Prefeitura, Câmara de Vereadores e Fórum Cível e Eleitoral. No entanto, mesmo com a saída dos prédios dos 3 Poderes, hoje o centro tem um movimento muito maior que tinha quando tudo que se precisasse encontrava na Praça. Araucária evoluiu, os bairros são próximos uns dos outros, poucas áreas com grupos de árvores ainda permanecem, agora a luta é para preservar os espaços verdes sem que o progresso seja atrasado, mas que a natureza seja protegida. Esse é um pedaço de nossa jovem Araucária, uma cidade que festeja sua Emancipação Política, uma cidade que fica a cada dia mais bonita, mais brilhante e mais jovem. Parabéns, Araucária pelos seus 133 anos de emancipação política.