Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Foto: Jonathan Campos/AEN

Um levantamento realizado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica de Araucária revelou que cerca de 800 pessoas estão em atraso com a segunda dose da vacina contra a Covid-19. Ou seja, são idosos que receberam a primeira dose nos últimos meses e não compareceram para receber a dose de reforço do imunizante que, no caso da Coronavac, é de 21 a 28 dias após a aplicação da primeira.

É importante destacar que esse levantamento considera as vacinas aplicadas até o dia 4 de abril e não levou em conta as doses aplicadas nesta segunda-feira, 5. “É um número muito alto de indivíduos que não tomaram a segunda dose o que gera o risco de não desenvolverem uma resposta imunológica satisfatória em relação ao coronavírus. Portanto nós reforçamos a importância de se fazer as duas doses”, explica Hellen Faria, enfermeira e coordenadora do Departamento de Vigilância.

Ainda de acordo com a enfermeira, mesmo com o prazo da segunda dose vencido é possível fazer a vacina. “Pode fazer mesmo depois de passado a data indicada. Mas é fundamental que seja feito para completar o esquema”, reforça Hellen.

A data indicada para a dose de reforço consta na carteira de vacinação do idoso e estas doses estão sendo aplicadas em dois pontos em Araucária: no Parque Cachoeira (drive thru) e no Adolescentro do Industrial (ponto fixo), das 09h as 16h.

Pontos de vacinação

Parque Cachoeira, entrada pela rua Rio de Janeiro

Adolescentro Industrial, rua Rua Gralha Azul, nº 2293

Dúvidas

Mais informações sobre a vacinação contra a Covid-19 podem ser obtidas pelo Disk Corona 0800-642-5250.

Texto: PMA

VEJA TAMBÉM