Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Leandro e Maicon conquistaram suas vagas para o Mundial de Duathlon
Leandro e Maicon conquistaram suas vagas para o Mundial de Duathlon

Os atletas correrem 20km e pedalaram 60km na prova
Os atletas correrem 20km e pedalaram 60km na prova

Leandro Silva e Maicon Sulivan precisavam ficar no Top 3 do Powerman Brasil para conquistar as vagas no Mundial de Duathlon, que acontecerá na Suíça em 2016. No entanto, a garra dos atletas araucarienses foi ainda mais intensa e, mesmo machucados, os dois conseguiram a vitória por categoria em um dos principais circuitos da modalidade.

De acordo com o atleta Lean­dro, a competição aconteceu no último domingo, 27 de setembro, na cidade de Florianópolis, e foi um verdadeiro desafio. “Minha inflamação no joelho e no quadril me incomodavam, e tive que forçar. Então, comecei os 10km de corrida em uma velocidade razoável, puxei o máximo que consegui nos 60km de ciclismo e, nos últimos 10km de corrida, precisei caminhar um pouco porque estava com muita dor”, conta o rapaz.

Assim como ele, Maicon também encarou as três letras assustadoras para quem busca o pódio. “Como estava chovendo muito e a gente não consegue esquentar bem antes de iniciar a prova, acabei sofrendo com muitas cãibras, principalmente no início da segunda etapa de corrida”, lamenta o atleta.

No entanto, ele e seu companheiro não sucumbiram à dor. “Eu queria muito vencer, então quando via o segundo colocado me alcançando nas curvas, forçava um pouco mais, até que consegui chegar em 1º na categoria 25 a 29 anos”, comemora Maicon, que atravessou a linha de chegada 13 segundos antes do seu adversário. “Já no meu caso, como puxei muito na bike, consegui mais tranquilidade na última etapa”, completa Leandro, que venceu a categoria 18 a 24 anos com a diferença de três minutos em relação ao 2º colocado.

Com esses resultados, os dois conquistaram as sonhadas vagas no Mundial, e agora possuem mais um desafio pela frente. “Essa prova será bem mais difícil porque são 40km de corrida e 150km de bicicleta. Então, precisamos treinar muito para ver se conseguiremos representar nossa cidade, estado e país”, adianta Maicon, que agradece o patrocínio das empresas Peaks Brasil, Linnus Institute e Madero, enquanto Leandro agradece à Furukawa, Benefit e Linnus Institute. Mais informações e resultados no site www.powermanbrasil.com.

Texto: Raquel Derevecki / FOTOS: DIVULGAÇÃO

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM