Pesquisar
Close this search box.

Arrombamentos de casas voltam a crescer em Araucária

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Depois de um período com poucas ocorrências de arrombamentos de residências, Araucária voltou a registrar muitos casos desse tipo de crime. Uma das explicações, segundo a Polícia Militar, é que com o período pós-pandemia e fim do isolamento social, as pessoas voltaram a sair, e dessa forma, as casas passaram a ficar mais tempo sem seus moradores. “Antes tínhamos o isolamento e praticamente as pessoas ficavam o tempo todo dentro de casa. De certa forma, isso acabou inibindo a ação dos marginais”, avaliou o capitão Gantzel, comandante da 2ª Cia da PM de Araucária.

De acordo com ele, outro fator que justifica esse aumento de casos é o período considerado crítico, que é quando as pessoas viajam para curtir as férias de final de ano e deixam seus imóveis vazios. “Nessa época é comum os arrombadores aproveitarem para agir com mais facilidade, aumentando assim o índice de casos”, reforça.

Para o comandante, é importante que os cidadãos adotem algumas medidas preventivas para evitar este tipo de delito. “São questões básicas que auxiliam e ajudam a afastar os marginais, como por exemplo, deixar a residência trancada e fechada, e não deixar nada de valor à mostra, seja no terreno ou mesmo na janela ou outro local que seja possível o marginal visualizar da rua.  Importante também ter relacionamento com os vizinhos, porque muitas vezes na rua onde a gente reside, não são todas as pessoas que vão viajar. Sempre orientar os vizinhos que ficam, que a qualquer visualização de veículo, de motocicleta ou qualquer pessoa suspeita nas ruas, observando as casas, a ligarem para a PM no 190 e repassarem a situação com o máximo de dados possível, para que possamos realizar o patrulhamento, possível abordagem e identificação dos indivíduos. Acima de tudo, é importante essa política da boa vizinhança, aqueles que viajam devem tomar o máximo de precaução nesse sentido e aos que ficam, auxiliar no monitoramento das residências para que a PM tenha um trabalho mais direcionado e possa atender a todos, contribuindo com a segurança do cidadão araucariense”, afirmou o capitão.

A Guarda Municipal de Araucária também reforça as recomendações e alerta que imóveis em estado de abandono são chamariz para bandidos. Segundo a GMA, para quem vai viajar, é importante mostrar movimento na casa, pedir para um parente ou vizinho visitar constantemente o imóvel. “Contraventores procuram casas onde não há movimento de pessoas, tanto para a prática de furtos ou outras ações delituosas”, declarou a GMA.

Outras medidas pessoais devem ser observadas, entre elas, não divulgar em redes sociais datas em que estará fora do imóvel e nem comentar com pessoas estranhas. Além disso, o dono deve manter as grades das janelas e as portas com trancas extras, para dificultar a ação dos marginais. “Geralmente os marginais buscam facilidade. Retirar uma grade ou tranca que possa atrapalhar sua ação, não é uma opção para ele. Uma dica importante, é deixar vizinhos de confiança cientes de sua ausência e o período em que estará fora. Deixá-los orientados que a qualquer movimento diferente no imóvel, devem fazer contato com a Guarda Municipal através do 153. Também é viável que o vizinho saiba qual é o veículo da família, pois os ladrões costumam colocar o carro na garagem para carregar os objetos a serem levados. Se tiver outro veículo diferente na casa, o vizinho deve avisar a GMA ou a PM. Vale também fazer contato via telefone ou whatsapp com os vizinhos para saber se está tudo bem”, orienta a GMA.

Em relação aos bens, os moradores devem evitar que joias e dinheiro fiquem dentro da casa, mesmo que em cofres. A população também deve estar ciente que uma atitude que chama a atenção de pessoas mal intencionadas é quando a pessoa que vai viajar começa a guardar as malas dentro do veículo. Esse procedimento deve ser feito, sempre que possível, dentro da garagem da residência. “Além de tudo isso é interessante a instalação de câmeras de segurança com acesso remoto e alarmes sonoros que podem inibir a ação de marginais. Luzes acessas em tempo integral, denotam ausência de pessoas na casa. O ideal é a instalação de temporizadores com horário determinados para que as luzes acendam e apaguem. A Guarda Municipal de Araucária trabalho em turno de 12 horas em horários intercalados para que em nenhum período do dia ou da noite as ruas fiquem desguarnecidas. Trabalhamos com no mínimo 14 viaturas por turno, em seis áreas mapeadas. Sendo duas viaturas por área e duas viaturas rurais”, afirma a GMA.