As aulas retornam em 2021?!?! Parte II | O Popular do Paraná
Compartilhe esta notícia:

Com a responsabilidade que o momento nos pede… precisamos aos poucos percorrer o caminho do retorno às Unidades Educacionais. Entretanto, as discussões que permeiam as férias escolares trazem à tona várias dúvidas, como por exemplo, que medidas vão precisar ser tomadas para que as crianças e estudantes voltem às aulas presenciais? Como garantir a segurança sanitária nas Unidades Educacionais com o retorno do ensino presencial?

Muitos protocolos foram elaborados em diversas partes do mundo para garantir que crianças/estudantes voltassem às Unidades Educacionais da maneira mais segura possível, com uma série de ações para evitar a contaminação na comunidade escolar.

Orientações internacionais como as do UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância), com base nas diretrizes da OMS (Organização Mundial de Saúde), já vêm sendo colocadas em prática nos países em que crianças e estudantes já puderam voltar ao ensino presencial.

No Brasil, embora cada estado e/ou município que tem Sistema de Ensino próprio conduzidos pelas Secretarias de Saúde, deve atuar com suas regras sanitárias próprias.

No nosso município, para realizar a retomada das aulas presenciais de forma gradual e segura, a Secretaria Municipal de Educação está aguardando o protocolo de retorno das atividades, o qual está sendo construído por uma comissão com representatividade de diversos setores que compõem a comunidade escolar.

O protocolo deve contemplar, além da parte técnica no âmbito da saúde, orientações pedagógicas para a reabertura das Unidades Educacionais.
Para os estudantes da rede municipal, o setor de compra da SMED está levantando informações para a viabilização do kit previsto no Decreto n°35.478/2021 (composto por squeeze, toalha, frasco de álcool em gel, sabonete e máscara).

Já para os profissionais da educação o fornecimento de equipamentos compreende: máscara face shield, máscara descartável, touca descartável, luva descartável, frascos válvula pump e vaporizador, mais termômetros, mais álcool em gel, fita zebrada e demarcadora, divisórias protetoras em acrílico de mesa e de balcão.

Segundo a diretora do setor supracitado, todos os trâmites para a compra estão em andamento, objetivando sempre a segurança da comunidade escolar!

Vivemos tempos de difíceis decisões, estamos preparando a casa (neste caso, as Unidades Educacionais) para que possamos voltar com segurança (ou com instrumentos que gerem segurança), porém é muito importante saber o que os pais/responsáveis legais pensam sobre este retorno.

Portanto, pedimos que todas as famílias que têm filhos (as) matriculados na Rede Municipal de Ensino Público de Araucária manifeste sua opinião na pesquisa que está disponível no site da Prefeitura, acessando o link
https://araucaria.atende.net/#!/tipo/noticia/valor/856

Precisamos refletir: “Será que conseguiremos voltar à normalidade do nosso cotidiano, ou são tempos que não voltam mais.”

Publicado na edição 1246 – 28/01/2021

As aulas retornam em 2021?!?! Parte II
Compartilhe esta notícia: