A Berneck completou neste ano, 70 anos de fundação. Iniciou suas operações em Araucária no início da década de 80 e desde 2004, a unidade se tornou a matriz, além de manter outras três unidades industriais, localizadas em Curitibanos (SC), Brasnorte (MT) e a mais nova, que fica em Lages (SC), que iniciou sua produção em maio. “É uma alegria para nós podermos olhar todas nossas conquistas no retrovisor, sem perder o olhar para frente. Temos crescido de forma orgânica desde o nosso princípio. Nosso compromisso com o cliente, colaboradores, fornecedores e a comunidade que nos cerca tem um peso grande em nosso sucesso. Investimos para manter nossos parques fabris sempre atualizados, com custos competitivos para oferecer qualidade e poder continuar crescendo com transparência, ética e seriedade. Estamos sempre próximos, e com isto, vamos longe. Por isso, ao longo dos nossos 70 anos de atividades, passamos a ser sinônimo de fornecedor sério e confiável no Brasil e no mundo”, destaca a diretora comercial e de Marketing da Berneck, Graça Berneck Gnoatto.

Desde sua fundação, em 1952, a empresa oferece soluções inteligentes para a produção e uso sustentáveis da madeira. Suas unidades fabris têm a mais alta tecnologia, o que faz com a capacidade de produção chegue a 3.350.000 m³ de painéis e serrados por ano (somando Araucária, Curitibanos, Lages e Brasnorte). “Investimos constantemente na atualização das nossas fábricas, na ampliação de nossa capacidade produtiva e, claro, também investimos em pessoas. Com Lages, seremos mais de 3,3 mil colaboradores e sem eles não conseguiríamos avançar. Como diz o nosso CEO André Fauth ‘é possível comprar máquinas e investir em tecnologia, mas são nossos colaboradores que realmente fazem a diferença estratégica na nossa empresa’”, pontuou a empresária.

Familiar e 100% brasileira, a Berneck fornece produtos para as principais indústrias de móveis do Brasil e do mundo, assim como as principais lojas de produtos para marcenaria. Somente no Brasil são mais de 300 revendas parceiras e a Berneck está presente em 60 países em todos os continentes. O Mercado Interno é o pilar, mas a empresa exporta em torno de 30% da sua produção. “Somos especializados em painéis MDP, MDF e HDF, além de madeira serrada de Pinus e Teca. Todos os nossos produtos são provenientes de florestas plantadas e são destinados à indústria de móveis, arquitetura e design de interiores, construção civil, eletrônica e embalagens, entre outras”, explica a diretora.

Sustentabilidade

A sustentabilidade também está no DNA da Berneck. “É um dos principais pilares da nossa empresa. Nesses 70 anos, nossa atuação sempre priorizou o cuidado com o meio ambiente, com nossos gestores e colaboradores, com nossos clientes e fornecedores e com nossos vizinhos. Por isso, ao longo da nossa história, contribuímos para transformar pessoas, comunidades, processos e mercados, sempre comprometidos com a melhoria contínua, com a inovação e com a responsabilidade social exigida de todas as empresas. E nosso compromisso está no dia a dia, mas de olho no futuro”, observa a empresária.

Em 2018 a Berneck deu outro passo importante e estruturou sua área de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental, com o objetivo de reunir e sistematizar todas as iniciativas e projetos apoiados pelas diversas áreas e unidades da empresa, organizar as informações e estabelecer diretrizes para novos investimentos de acordo com seus propósitos corporativos e de marca.

Há mais de 20 anos a empresa patrocina projetos sociais, desportivos e culturais por meio das leis de incentivo fiscal. “Em Araucária apoiamos vários projetos, como o Fundo para a Infância e Adolescência e Fundo Municipal de Direitos do Idoso; o Atleta do Futuro e o Núcleo de Iniciação ao Voleibol Escolar de Araucária – NIVEA, para citar alguns. E também estamos constantemente envolvidos com a comunidade, encontrando maneiras de ajudar e contribuir para o desenvolvimento das pessoas”, dia Graça Berneck.

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

A ética dos propagadores de fake news

O título desta crônica é provocativo, pois vivemos num tempo onde cada um é induzido a acreditar na sua fake news de preferência através da

Casa Bem Acabada

Iéste negócio da gente se meter a rabequista das véis dando o maior dos problema!! Sobrinha Roseli se achegando com cara cheia de felicidade contanto

Compartilhe