Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Emilly precisa de patrocínio para seguir com a carreira no karatê. Foto: divulgação

A crise financeira pela qual o Brasil atravessa tem feito com que vários esportes e atletas percam ou sequer mesmo consigam patrocinadores. Mesmo com todo o destaque e diversos títulos conquistados, a carateca de Araucária, Emilly Amorim Cordeiro, 15 anos, faz parte dessa lista. Em cinco anos, pela primeira vez ela pode ficar de fora da final do Campeonato Brasileiro de Karatê, que acontecerá entre os dias 7 a 13 de outubro, em Uberlândia, Minas Gerais.

Como iniciante na categoria cadete, ela ainda não conseguiu se classificar para a final, mas pretende tentar vaga na 5ª etapa da competição, que será entre os dias 15 e 18 de agosto, em Rondônia. Só que para isso, precisa de ajuda financeira para bancar os custos da viagem.

Emilly é considerada uma atleta de alto rendimento. Ela iniciou no karatê com apenas 5 anos de idade e hoje é detentora de vários títulos, entre os mais recentes o 3º lugar no Campeonato Brasileiro de 2018 e campeã no Desporto Escolar 2019. Também já foi vice-campeã brasileira escolar nos últimos cinco anos, além de vários pódios em campeonatos importantes.

Ajuda

Para levantar fundos para a viagem, Emily se vira como pode, atualmente está vendendo bolo de pote, no valor de R$ 5,00 cada, nos sabores chocolate, prestígio, morango, limão e maracujá. Você também pode ajudar a atleta, encomende um bolo pelo telefone 99703-5720.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1173 – 25/07/2019

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM