Compartilhe esta notícia

Carnês entregues aos MEIs não são um golpe - notícias da Geral  - O Popular do Paraná
A proposta de entregar os carnês pelos Correios é facilitar a vida dos MEIs

Os 4,7 milhões de microempreendedores individuais brasileiros já estão recebendo em casa o Carnê da Cidadania 2015. Num primeiro momento esta comodidade acabou gerando algumas dúvidas, já que antes era necessário imprimir os boletos para pagamento das contribuições todos os meses. Boatos de que os carnês seriam falsos deixou alguns microeemprendedores preocupados.

No entanto, a Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE), garante que os carnês enviados pelos Correios são legítimos e visam facilitar o acesso às guias de pagamento. Segundo a SMPE, a alta ina­dimplência motivou o envio dos carnês pelos Correios. O que ocorria é que, o MEI utiliza o portal para se inscrever, mas não tem o hábito de utilizar a internet também para imprimir os boletos todos os meses, por isso, decidiu-se pela volta do velho e bom carnê.

A vantagem de manter o pagamento das parcelas em dia é o direito aos benefícios como, aposentadoria por idade, licença maternidade, auxílio doença, entre outros. Quem preferir poderá continuar baixando as parcelas pelo Portal do Empreendedor (http://www.portaldoempreendedor.gov.br/).

O Carnê da Cidadania inclui os valores de todos os tributos para o MEI trabalhar formali­zado. Para a Previdência Social são recolhidos 5% do salário mínimo ao INSS, que para 2015, com o reajuste no valor, será de R$ 39,40, mais R$ 1,00 de ICMS para atividades de indústria, comércio e transportes de cargas interestadual e/ou R$ 5,00 ISS em atividades de prestação de serviços e transportes municipais.

FOTO: EVERSON SANTOS

Compartilhe esta notícia
Fechar anúncio