Pesquisar
Close this search box.

Casal de Capoeira Grande comemora 66 anos de casados

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Ébano é uma madeira escura, muito pesada e resistente, duradoura e bonita. Ao ser polida, fica reluzente e é considerada nobre e valiosa. O casamento de José Ryba, 90 anos, e Bronislava Cebuski Ryba, 86 anos, é assim como o ébano, resistente, bonito e duradouro. Tão duradouro que no dia 11 de fevereiro eles completaram 66 anos de casados e comemoraram “Bodas de Ébano”.

Depois de mais de meio século juntos, os filhos contam que os pais ainda reconhecem que o amor é um dos ingredientes mais importantes de qualquer romance. “Meus pais moram na área rural de Capoeira Grande, sempre viveram na simplicidade. Tiveram sim, muitos momentos de sofrimento e de luta para criar os nove filhos. Mas foram fortes o suficiente para se tornarem a base e o exemplo de uma família muito unida. Com seus ensinamentos simples, nos guiaram pelos caminhos corretos da vida e hoje são a referência para todos os seus descendentes”, orgulha-se o filho Amauri.

A união de José e Bronislava, selada no dia 11 de fevereiro de 1956, às 13h, na Igreja Nossa Senhora dos Remédios (hoje Santuário), rendeu muitos frutos. Os nove filhos geraram muitos netos e bisnetos, tantos que Amauri diz ter perdido a conta. “Cada um foi trilhando o seu próprio caminho, mas sempre faziam questão de se reunir na casa da bisa, da vó. E nós, filhos, fazíamos questão de estarmos sempre presentes na casa da mãe e do pai. Eles nos ensinaram tudo que sabemos, sempre torceram pelos filhos e pelo sucesso de cada um. Se hoje somos o que somos, foi graças ao carinho e cuidado que tiveram conosco”, frisou Amauri.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1299 – 17/02/2022