Casos de agressões aumentam na pandemia

Foto: Everson Santos
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Casos de agressões aumentam na pandemia
Foto: Everson Santos

De acordo com o Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – CRAM Araucária, o aumento da violência contra as mulheres no ambiente doméstico e familiar durante a quarentena tem sido uma constante. Em 2019 o órgão realizou aproximadamente 3.000 atendimentos. Já em 2020 foram 7.283, um aumento de mais de 100%.

Dados fornecidos pela Delegacia da Mulher de Araucária também demonstram um aumento no número de casos de violência doméstica, que resultaram na instauração de inquéritos. Em 2019 foram registrados 122 casos de lesão corporal, contra 144 em 2020 e 76 em 2021 (até a presente data). Quantos aos inquéritos instaurados em casos de ameaças, foram 268 em 2019, 306 em 2020 e 276 em 2021 (até a presente data). Quanto às medidas protetivas expedidas, em 2019 foram 397, 435 em 2020 e em 2021 (até a presente data) foram 385.

A DM também fez um balanço do total de inquéritos instaurados, incluindo também casos de estupro, abuso sexual e outros, praticados contra mulheres. Em 2019 foram 655, contra 805 em 2020 e 439 em 2021 (até a presente data).

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1284 – 21/10/2021