Chegou na última terça (13) o primeiro lote de novos tablets para alunos da rede estadual

Chegou na última terça o primeiro lote de novos tablets para alunos da rede estadual
Foto: Roberto Dziura Jr/AEN
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Na última terça-feira (13), foi entregue pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, o primeiro lote de novos tablets comprados para os estudantes da rede estadual de ensino. Devido à parceria entre os governos estadual e federal (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), o investimento é de R$ 79,7 milhões.

Os equipamentos serão entregues para 1.730 colégios estaduais, em proporção com o número de estudantes matriculados em cada instituição. Ao total são 50 mil tablets adquiridos, sendo nesse primeiro lote 18,2 mil unidades, e a previsão é que os demais 31,8 mil cheguem até final de julho.

Os alunos poderão utilizar os tablets, por exemplo, para acessar as plataformas educacionais em sala de aula. Dessa maneira, o uso das plataformas poderá ser ampliado, visto que, até então, elas eram acessadas sobretudo nos laboratórios de informática.

Fora a entrega dos tablets, da mesma forma foram distribuídos às escolas da rede estadual de ensino, 77.300 equipamentos de informática. Sendo novos computadores e notebooks, e também kits de robótica, que tiveram investimentos de aproximadamente R$ 200 milhões do Governo do Estado. Entre 2019 e 2022 foram adquiridos e distribuídos mais de 80 mil notebooks/computadores para os colégios.

Chegou na última terça (13) o primeiro lote de novos tablets para alunos da rede estadual
Fotos: Roberto Dziura Jr/AEN.

Os equipamentos são importantes para viabilizar inovações como o Desafio Paraná, plataforma (Quizizz) para lições de casa utilizada por todos os estudantes e professores da rede. Outra iniciativa é o Leia Paraná, plataforma digital de leitura disponível tanto para dispositivos móveis pelo aplicativo (no Google Play) quanto para computadores. Ela é gratuita para todos os estudantes da rede estadual, desde o 6º ano do fundamental até o fim do ensino médio.

Matemática gamificada também é outra realidade, onde as atividades lúdicas são desenvolvidas em duas plataformas disponibilizadas pela Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR): Matific e Khan Academy. A primeira é ofertada a estudantes do 6º ano do ensino fundamental desde o segundo semestre de 2021 e, neste ano, passou a abranger também as turmas de 7º ano. No primeiro semestre de 2023, acessaram a plataforma mais de 4 mil professores e 263 mil alunos, que realizaram mais de 3 milhões de atividades.

Compartilhar
PUBLICIDADE