Ciretran Araucária faz mutirão para zerar fila da prova teórica | Araucária
Compartilhe esta notícia:
Mutirão vai agilizar processos que estavam atrasados por conta da pandemia. Foto: Marco Charneski

A 73ª Circunscrição Regional de Trânsito – Ciretran iniciou esta semana, um mutirão para atender centenas de motoristas que aguardavam na fila para realização da prova teórica, seja para a emissão da primeira CNH ou para conclusão do curso de reciclagem. O mutirão segue até o próximo dia 18 de fevereiro e a proposta é zerar a fila de espera, que foi gerada durante a pandemia do coronavírus. “Em março do ano passado, quando veio a pandemia, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) suspendeu todos os procedimentos presenciais. A partir daí, os processos foram se acumulando e muitos alunos tiveram que aguardar pelas provas teóricas e práticas. Quando o Contran liberou a retomada dos agendamentos, de forma gradativa e com adoção de um protocolo rígido para conter a propagação do vírus, a fila de espera já estava extensa, e não foi possível atender a todos de imediato. Por isso, decidimos fazer este mutirão, para agilizar os processos. Nossa meta é suprir, em 15 dias, 90% das vagas em atraso”, explicou Sergio Andrade, chefe da unidade local.

Segundo ele, diante das constantes reclamações dos alunos que aguardavam pelas provas teóricas para obter a primeira CNH ou concluir o curso de reciclagem, a Ciretran pleiteou junto ao Detran PR, a abertura de uma classe emergencial para ampliar o atendimento. Mas vale ressaltar que o mesmo ainda ocorre de forma regrada, com poucos alunos em sala. “Estamos fazendo o possível para agilizar os processos, e tomando todas as medidas sanitárias necessárias para que os alunos possam fazer a prova de maneira segura e sem aglomerações”, disse Sergio.

Aulas práticas

Com relação à fila de espera pelo exame prático de direção, a Ciretran explicou que é preciso ter um pouco mais de paciência, já que foram liberados por auto escola, apenas três alunos por hora. Em cada intervalo de aula é preciso ainda fazer a sanitização do veículo para o próximo aluno. “São muitas regras a serem seguidas, como uso de luvas, máscaras, álcool em gel, e isso acaba tornando o processo mais demorado, só que precisamos cumprir todas as regras para evitar problemas. Ainda assim, a Ciretran tem se esforçado para agilizar os processos, contamos com um examinador no período da manhã e dois no período da tarde”, salientou o chefe da unidade.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1248 – 10/02/2021

Compartilhe esta notícia:


Aproveite, cadastre seu email para receber novidades!

, , , , ,