Alunos vão mostrar seus trabalhos na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia

A criatividade e o talento dos alunos do Clube de Ciências Augusto Ruschi foram os requisitos essenciais na escolha dos três projetos selecionados para a 5ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia – Criatividade e Inovação, que acontece na Universidade de São Paulo – USP, entre os dias 13 e 17 de março. O evento é realizado uma vez por ano e envolve estudantes da 8ª série do ensino fundamental e dos ensinos médio e técnico. Reúne participantes de todo o país, freqüenta­dores de escolas públicas e particulares.

Os projetos de Arau­cá­ria foram enviados e selecionados para participar da mostra, que será entre os dias 13 e 15 de março, e têm grandes chances de ficar entre os finalistas, que receberão a premiação no dia 17 de março.

“Este evento é mais uma conquista do Clube de Ciências Augusto Ruschi nesta gestão. Levar trabalhos com alunos numa feira nacional faz a gente acreditar cada vez mais numa Arau­cária mais humana, que valoriza seus alunos, seus profissionais e principalmente seus cidadãos”, disse a coordenadora do Clube, professora Karla Volaco. Da mesma forma, o professor orientador Rafael Torquato acredita que “a participação neste evento irá premiar estes alunos que por mais de meio ano desenvolveram seus projetos, mostrando toda sua capacidade criativa, de superação e de fazer ciência”.

Projetos
Um dos trabalhos selecionados para a Febrace foi o dos alunos Emily Talita da Silva e David Willian Colaço de Meira intitulado Aplicando Física com a Seringa, que vai mostrar, a partir do uso de materiais simples como seringas, como é possível estudar conceitos de física, partindo do Princípio de Pascal.

Idealizado pelos alunos Leandro Vidoreto, Giovanni Bissoni Nunes e Marcel Xavier, o projeto Construindo Veículos Mecatrônicos a partir de Lixo Eletrônico, vai mostrar que a partir de uma ratoeira é possível estudar conceitos de física, como conversão da energia potencial elástica da mola em energia cinética.

E o projeto Ratoeiracar – Usando a Energia de uma Ratoeira, dos alunos Rafael Pichek e Augusto Mateus Santos, vai analisar o lixo eletrônico descartado pelas lojas de informática separando o que pode ser reaprovei­tado.

VEJA TAMBÉM

Compartilhe