Clubinhos da Comunidade!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Na semana que se passou, acompanhei a visita de alguns secretários municipais e de um vereador a uma obra em andamento no Capela Velha. Lá, está sendo erguido um complexo de esportes, cultura e lazer para àquela comunidade. Se for esperto, a Prefeitura replica aquele projeto em outros bairros e, de quebra, o mandachuva local, cumpre uma promessa de campanha: a construção do ditos clubes da comunidade, ou melhor clubinhos (o diminutivo correto de clube é clubezinho, mas clubinho se encaixa melhor para o propósito deste texto).

Exatamente: clubinho, pois convenhamos, Araucária não precisa de um clube nos moldes do prometido durante a campanha eleitoral. Se não estiver enganado, a única coisa que a Praça dos Esportes e da Cultura (PEC) que está sendo erguida ali no jardim Botânico, no final da rua Beija-flor, difere do projeto de Clube apresentado na eleição passada pelo candidato vencedor, é a tal da piscina aquecida. Algo extremamente dispensável, considerando que estamos numa cidade razoavelmente fria, com um tempo louco, que muda várias vezes ao dia e cuja população, convenhamos, já ficaria extremamente satisfeita com opções mais normais de esporte, cultura e lazer, como quadras poliesportivas, pistas de caminhada e de skate, acesso à internet, uma academiazinha de ginástica, um auditório e coisas do gênero. Enfim, tudo que aquela PEC do Capela Velha irá oferecer.

Anima-me ainda mais a ideia de replicar o projeto da PEC em outros bairros de Araucária o fato de sua construção ser razoavelmente barata. A que já está sendo erguida custará algo em torno de R$ 2,1 milhões. Uma mixaria, principalmente quando levamos em conta que só a Câmara de Vereadores pretende gastar R$ 4 milhões num prédio novo e reforma do atual. Ou ainda quando paramos para pensar que o valor da PEC é inferior ao repasse mensal para a manutenção do Hospital Municipal e quase o equivalente para manutenção dos plantões médicos dos 24 horas. Resumindo, projetos como aquele são baratos e têm um alcance social gigantesco, principalmente para uma cidade como Araucária, onde as opções de lazer razoavelmente decentes se resumem ao Parque Cachoeira e o… Putz… meu Deus… é só o Parque Cachoeira!

Bem, a sugestão está posta. Ah, e tem mais uma vantagem em replicarmos as PECs em outros bairros, só alterando o nome para Clubinho da Comunidade: os projetos de engenharia e outros já estão prontos. E só utilizarmos terrenos com características semelhantes e não tem erro! Fica à dica!

 Boa semana a todos. Comentários são bem vindos e até uma próxima!