Com olhos voltados pra Saúde, Dona Hilda assume a Prefeitura

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Nenhuma outra mulher em 133 anos de história ocupou tantas vezes o posto de comandante da cidade de Araucária como Hilda Lucalski Seima (PSD) e desde a última segunda-feira, 10 de julho, é ela novamente quem está com a bola.

Prefeita em exercício enquanto o titular do cargo, Hissam Hussein Dehaini, está em férias, Dona Hilda vem impondo um ritmo acelerado aos secretários municipais nesses dias em que está no poder. Tem chegado cedo, ocupado a mesa de reuniões da Secretaria de Governo e de lá mesmo vai despachando.

Mais do que despachar, ela tem procurado acelerar a tramitação de ações que efetivamente vão melhorar a vida do cidadão que mais precisa da Prefeitura. “Conversei bastante com o Hissam antes dele sair em férias e ele me pediu para não diminuirmos o ritmo. Tenho procurado cobrar os secretários para que façam o mesmo. Quem tá em férias é o prefeito e não a Prefeitura”, avisa.

E dentro dessas prioridades que surgem diariamente para quem administra uma cidade com mais de 150 mil habitantes, Dona Hilda tem exigido muito das secretarias de Saúde, Finanças, Assistência Social e Gestão de Pessoas. Da primeira tem cobrado a aceleração do lançamento de programas para diminuir a fila de cirurgias e de consultas com especialistas. Da segunda quer para já o lançamento de um programa para melhorar a arrecadação da cidade e assim subsidiar despesas com a primeira. Já da a Assistência Social pediu o lançamento de ações voltadas para as mulheres. Na cobrança carinhosa dedicada à Secretaria de Gestão de Pessoas quer saber como andam as tratativas para o lançamento de um concurso público para reestabelecer o quadro de médicos da Prefeitura.

Resumindo! Dona Hilda não quer ser só a substituta legal de Hissam nessas duas semanas. Quer deixar uma marca, mas não uma marca para ela e sim uma marca positiva para a cidade. “Vamos conseguir lançar já nos próximos dias um mutirão de cirurgias de vasectomia e de laqueadura. Serão praticamente 500 procedimentos, todos feitos aqui no nosso HMA e que vão zerar essas duas filas”, comemora.

Já as tratativas com a Secretaria de Finanças resultou na confirmação da publicação de um decreto em que contribuintes em atraso poderão quitar seus impostos com descontos. “Vamos fazer uma nova edição do REFIS, que além de contemplar pessoas e empresas que estão com impostos atrasados, também vai garantir recursos extras para investirmos em programas de saúde e assistência social, principalmente”, analisa.

Sabedora da importância da simbologia que é uma mulher ocupando o mais importante cargo de Araucária, Dona Hilda também marcou para esta semana o lançamento do programa de combate à pobreza menstrual, que vai distribuir absorventes higiênicos a adolescentes e adultas em situação de vulnerabilidade social. “Eu sou a prova de que uma mulher pode ser o que ela quiser. E pode estar onde ela quiser. Quero que nossas meninas entendam isso. E como mulher sei da dignidade que um programa como o Liberdade Íntima irá proporcionar a nossa população mais carente”, analisa.

Outra boa obsessão que Dona Hilda está é o de lançar ainda nos próximos dias um novo concurso público para contratação de mais de 100 médicos para a rede pública de saúde do Município. “Sabemos que não é só em Araucária que a contratação de médicos para a rede pública é um problema. São profissionais difíceis de se manter vinculados ao regime estatutário, mas estamos trabalhando em conjunto com as secretarias de Gestão de Pessoas, Saúde e a nossa PGM para que consigamos oferecer vantagens para que esses profissionais fiquem em nossa cidade”, finalizou.

Foto: Divulgação.

Edição n.º 1371.

Compartilhar
PUBLICIDADE