Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
As condições da via estão bem complicadas e quem paga o pato são os moradores. Foto: Marco Charneski

Na rua Violetas, no jardim Turin, bairro Campina da Barra, os moradores estão indignados com o esgoto que sai de um residencial e corre pela via. Segundo eles, a rua dá acesso ao CMEI Turin e a Escola Municipal Maria Aparecida Saliba Torres, portanto, é bastante utilizada por crianças e pais. Além do esgoto, eles reclamam dos buracos e dos lixões que se formaram ao longo das calçadas. “As crianças andam por aqui e o esgoto e os lixos acumulados são uma ameaça à saúde delas, já que atraem moscas e outros bichos. E quanto aos buracos, eles atrapalham os pais que levam seus filhos para a creche de carrinho”, comentou a moradora Leonice.

Sobre o problema do esgoto, a Sanepar explicou que enviou uma equipe até o endereço e não identificou vazamento de esgoto perto do CMEI. Porém, verificou que nas proximidades existe uma invasão, onde não há rede coletora de esgoto, o que provavelmente explica o vazamento, No entanto, a empresa disse que por se tratar de uma área irregular, a questão compete à Prefeitura Municipal.

Com relação aos buracos, a Secretaria Municipal de Obras confirmou que em breve será feita uma operação tapa-buracos na região. E sobre o lixo, a Prefeitura orientou que quem for flagrado jogando dejetos em terreno baldio poderá ser autuado. Ressaltou ainda a importância de os moradores colaborarem, solicitando a fiscalização do Meio Ambiente (3614-7480) ou a Guarda Municipal (153) para abordar os responsáveis.

Conforme o Código de Obras e Posturas de Araucária, o proprietário do terreno é responsável pela conservação do local. Logo, com o acúmulo de lixo, ele poderá ser notificado para que realize a limpeza. Situações como estas devem ser registradas via Ouvidoria do município.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1182 – 26/09/2019

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM