Comunidade do Santa Eulália lamenta morte de Estevão Falat, um dos seus moradores mais antigos

Foto: divulgação
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Comunidade do Santa Eulália lamenta morte de Estevão Falat, um dos seus moradores mais antigos
Foto: divulgação

Estevão Falat, 76 anos, um dos moradores mais antigos do jardim Santa Eulália, no bairro Campina da Barra, era o que podemos dizer, um amigo de todos. Sua morte, ocorrida neste domingo, dia 29 de agosto, causou muita tristeza entre a comunidade. Seu Estevão morava em uma chácara, no final da rua das Camélias, onde nasceu e se criou, antes mesmo de o jardim Santa Eulália ser batizado com esse nome. Foi esse local que ele escolheu para viver ao lado da esposa Natália, e lá criou seis três filhos: Rodrigo, Vanessa e Diogo. “Todo dia de tarde ele pegava sua bicicleta e saía vender leite, frutas e verduras de casa em casa, o que o tornou uma pessoa querida e respeitada por todos. Sua morte nos deixou profundamente tristes”, disse a moradora Lucimara Covaleski, que em nome dos demais moradores do bairro, prestou uma homenagem ao velho amigo.

Segundo ela, a morte foi provocada por complicações no estômago, provavelmente um câncer. “Nas últimas semanas ele passou por várias internações e seu estado de saúde foi piorando, e infelizmente ele não resistiu”, lamentou Lucimara. Seu Estevão foi sepultado nesta segunda-feira, 30, no Cemitério Central de Araucária.

Texto: Maurenn Bernardo