Reunidos em plenária na última terça-feira, 11 de novembro, os conselheiros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), por unanimidade de votos, decidiram afastar Michele Neri Peplinski, conselheira tutelar que recebeu indevidamente o benefício do programa Bolsa Família entre novembro de 2013 e maio de 2014.

Conforme resolução exarada pelo CMDCA, o afastamento perdurará, no mínimo, até a conclusão processo de sindicância instaurado pela Comissão de Ética do órgão para investigar se Michele feriu a legislação que norteia o Conselho Tutelar ao receber o Bolsa Família mesmo sem reunir condições para tal.

Recomendação

A resolução que afasta Michele do cargo também foi motivada por um ofício do Ministério Público, recomendando ao CMDCA que a conselheira não exercesse suas funções até a conclusão das investigações.

Novo conselheiro

Enquanto Michele estiver afastada, seu cargo será ocupado pelo primeiro suplente Vanderlei do Carmo Chefer, que ficou na sexta colocação das últimas eleições para conselheiro tutelar.

Texto: Waldiclei Barboza

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Sessões da Câmara voltam a ser presenciais

Depois de algumas semanas sendo realizadas remotamente, as sessões da Câmara de Vereadores voltaram a acontecer presencialmente nesta terça-feira, 29 de março. Porém, como o

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp