Com mais de 550 atletas já inscritos, a Corrida Mariliane Alves, organizada pela Equipe Rodrigues e que será realizada no dia 2 de abril, vem agregando cada vez mais apoiadores e simpatizantes. Engajados na causa, todos se unem no trabalho de divulgação e de chamamento de novos atletas, já que o foco é reunir o maior número possível de inscrições e, consequentemente, obter uma excelente arrecadação para ajudar a Mariliane no tratamento contra o câncer.

Um desses apoiadores é o maratonista Marco Antonio, 58 anos, atleta e criador do canal no Youtube “Momento Corrida”, que leva conteúdos motivacionais e informativos sobre a importância da corrida na vida das pessoas. Paulistano e morador do sul de Minas Gerais há mais de 20 anos, ele criou o canal em fevereiro de 2015 e pouco tempo depois já fazia vídeos motivacionais no YouTube, onde conta atualmente com 11.800 inscritos. No Instagram ele tem 50 mil seguidores e no Facebook já são 160 mil.

Marco disse que ficou sabendo da Corrida Mariliane Alves através de uma seguidora do seu canal que mora em Araucária, a atleta Rosinha. “Ela me pediu ajuda na divulgação da prova. Então eu quis saber um pouco mais sobre esse evento e fiquei conhecendo a história da Mariliane Alves, me comovi e resolvi ajudar. Depois disso resolvi fazer um vídeo convidando nossos seguidores a participarem e se envolverem de certa forma, divulgando e compartilhando. O vídeo deu bons resultados e com isso, conseguimos envolver outras pessoas na divulgação.  Isso me fez pensar, por que não estar lá também, para conhecer a Mariliane pessoalmente, fazer a cobertura do evento e correr ao lado daqueles que contribuíram para que tudo isso fosse possível? Corredores são pessoas solidárias e tenho certeza que proporcionarão um momento inesquecível para a Mari”, comentou Marco.

História de superação

Assim como a Mariliane, que vive um momento difícil e busca a superação, Marco Antônio tem a sua própria história. Em 2009 ele fez uma cirurgia de coluna e por consequência disso, os médicos lhe aconselharam a não praticar mais nenhuma atividade física de impacto. Mas já em 2010, ele começou a pedalar e caminhar pequenas distâncias. Em 2012, a corrida começou a entrar na sua vida e ele dava os primeiros trotes pelo bairro.

“Em março de 2013, tomei coragem e me inscrevi em uma corrida oficial. Já treinava há algum tempo e parti logo para os 10km. Pronto! Era o que faltava para me apaixonar de vez. Seis meses depois estava me aventurando em uma prova de dez milhas (16km) e logo em seguida, encarando minha primeira meia maratona. Em 2015, finalmente, me tornei um maratonista!”, relembra.

Aos poucos Marco foi mudando sua forma de pensar e passou a apreciar a corrida em sua essência. Hoje ele afirma que corre por prazer, não por necessidade ou competição. “Chegou um momento na minha trajetória como corredor, que percebi que tudo aquilo que eu vivenciava, tanto as coisas boas, quanto aquelas não tão boas assim, poderiam de alguma forma servir de informação, inspiração e motivação para outras pessoas, que assim como eu, não tinham muito conhecimento sobre o assunto. Comecei a criar algumas publicações tímidas com frases motivacionais em minha página pessoal no Facebook, e percebi que muitas pessoas começaram a se identificar com o que eu falava, mas até então nem pensava em ter nada além disso. Foi então que meus filhos, que já trabalhavam com mídias sociais, me convenceram a criar uma página para falar especificamente de corrida e com isso, alcançar um público interessado nesse tema. E assim surgiu a página Momento Corrida.   Hoje, dedico boa parte do meu tempo na criação de conteúdo para as redes sociais, com o objetivo claro de aprender e transferir conhecimento, levar informação, inspiração e motivação para outras pessoas”, finaliza o atleta.

Foto – divulgação

Texto: Maurenn Bernardo

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Pablo Rosales é campeão brasileiro de jiu jitsu

O araucariense Pablo Rosales, 15 anos, aluno do colégio metropolitana, se consagrou campeão no Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu, organizado pela Confederação Brasileira (CBJJ). O

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp