Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Araucária começará a ganhar uma nova e completa estrutura de lazer para seus moradores. O novo espaço é fruto de um projeto de revitalização completa do Centro Social Urbano (CSU), que fica no bairro Fazenda Velha.

O complexo, criado há mais de duas décadas para receber atividades esportivas e alguns serviços, terá um upgrade e será remodelado para se tornar um parque urbano. As opções de prática esportiva permanecem no novo projeto, mas o espaço ganhará um layout moderno, que priorizará áreas de lazer e contemplação para toda a família araucariense.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Planejamento (SMPL), a revitalização do CSU deve ser licitada ainda no final deste ano. O investimento no local é na casa de R$ 9,2 milhões e deve levar, após o início das obras, 18 meses para ficar pronto.

Uma das principais novidades do Parque CSU será a incorporação dele à Praça da Bíblia por meio de uma ampla travessia elevada ligando ambos ambos os espaços e priorizando sempre o pedestre. Dentro do projeto desenvolvido pela SMPL, o muro de palito que hoje cerca o CSU deixará de existir, fazendo com que a integração entre o complexo e a Praça seja completa.

Quando estiver pronto, o Parque CSU terá gramado arborizado voltado para contemplação e realizações de piqueniques pelas famílias araucarienses. Todo o local ganhará bancos, lixeiras e floreiras especialmente projetadas para aquele ambiente. O acesso ao parque se dará por meio de um portal escultórico, que marca o acesso de pedestres.

Todo o fluxo de permanência no Parque também foi objeto de estudo pelos técnicos da Secretaria de Planejamento, que previram para o Parque novas áreas de estacionamento para automóveis e também um bicicletário todo coberto. Haverá ainda a ampliação das modalidades esportivas que poderão ser praticadas no local, com a construção de uma quadra de tênis, duas de squash e uma de futebol Society. Esses espaços serão construídos onde hoje está a quadra de areia e contarão com arquibancadas, que além de possibilitar que as pessoas assistam aos jogos também poderão ser utilizadas como espaços de convivência.

Esporte cada vez mais procurado pelos jovens, o skate também ganhará atenção especial no novo Parque CSU. A atual pista será toda reformada e ganhará novo obstáculo. Os praticantes de corrida e caminhada também não foram esquecidos, com a implantação de uma pista de seiscentos metros, toda pavimentada e sinalizada.

Como todo bom parque urbano, haverá espaço para ações culturais e para aqueles que só querem curtir o parque. O projeto prevê rede horizontal para descanso, palco para apresentações, escorregadores integrados a um talude de madeira, colocação de mesas fixas de tênis de mesa e xadrez e a construção de um novo espaço pet, com bancos, obstáculos e bebedouros para cães.

Ainda de acordo com a Secretaria de Planejamento, o Parque CSU foi pensado para ser utilizado pela população durante todo o dia e noite. Por essa razão, a iluminação do local ganhou atenção especial dos arquitetos da Prefeitura. “A iluminação será adaptada à característica de cada tipo de uso. As áreas de circulação de pedestres terão um tipo de luminosidade, as áreas de circulação de veículos e os espaços para descanso e contemplação como bancos e gramado outros”, explica Lauri Lenz.

A queda dos muros do CSU tem como objetivo não só integrar o local à Praça da Bíblia, mas também criar um ambiente todo aberto em que as pessoas se sintam muito bem recebidas, sejam elas moradoras ou não de Araucária. Foi por isso que o projeto do Parque CSU previu uma comunicação visual harmoniosa, que buscasse que seus visitantes se sentissem acolhidos e, com isso, incentivando o amor por Araucária. “Teremos um letreiro com a inscrição ‘eu amo Araucária’ estilizado, para que as pessoas possam registrar a sua estada no Parque e compartilhar com amigos por meio das redes sociais”, pontuou Lauri.

Espaço gastronômico

Como a ideia do Parque CSU é de que as pessoas permaneçam no local por várias horas do dia, a Prefeitura previu no projeto a edificação de banheiro público para utilização dos frequentadores e um Espaço Gastronômico, que contará com dois níveis de terraço descobertos, com mesas, bancos e floreiras. Os terraços poderão ser acessados a qualquer momento e propiciarão uma vista privilegiada de todo o novo parque urbano.

O Espaço Gastronômico terá oito quiosques para a venda de produtos alimentícios. A definição de quem explorará esses espaços será feito posteriormente por meio de processo licitatório específico. O local ainda terá espaço kids e um palco para apresentações artísticas.

Reformas

Embora o Parque CSU vá ganhar cara nova, boa parte dos equipamentos existentes hoje será mantido e reformado. Os blocos de fisioterapia, centro de treinamento e ginásio coberto receberão obras de manutenção, como pintura externa e interna, troca de pisos e forros, melhoria da acessibilidade, revisão elétrica e hidráulica, além da troca do telhado do ginásio.

Texto: Waldiclei Barboza/ Imagens: Projeto PMA

VEJA TAMBÉM