Arqueiros de Araucária continuam liderando o Circuito Brasileiro. Foto: divulgação

O Centro de Treinamento Cordilheira, sede do Grupo Arauqüeras, sediou no último sábado, 5 de março, o 2º Torneio Indoor do Campeonato de 2022. Participaram da prova 13 arqueiros que, conforme a regra, dispararam 60 flechas em duas rodadas de 30. O alvo, distante 20 jardas (18,30 metros) é formado por cinco círculos concêntricos e a pontuação vai de 1 no círculo externo a 5 no centro do alvo. As flechas são disparadas em séries de cinco, sendo que o tempo para realizar estes disparos é de 4 minutos.

Esta prova, que também foi válida pelo circuito brasileiro da Field Brasil, faz parte de um extenso calendário de competições que tem recebido adesão de mais de 400 arqueiros pelo Brasil. É o circuito mais concorrido, pois reúne arqueiros de todos os cantos do País. Segundo o Grupo Arauqüeras, a meta para esse ano é organizar mais seis provas com este formato.

Destaques

Nesta edição, o destaque foi o arqueiro Fernando Bridi Osternack, do grupo de arqueiros Harpias de Curitiba. Ele bateu o recorde da categoria Jovem Adulto YAMBBR, com 225 pontos, superando o recorde anterior que era de 200 pontos.

Na categoria Tradicional os arauqüeras continuam liderando o circuito brasileiro, mas a concorrência tem crescido, pois tem aumentado muito a participação de novos adeptos, já que o arco tradicional é sempre uma porta de entrada dos novos praticantes.

O CT Cordilheira continua aberto todos os finais de semana e feriados, das 9h às 17h, para receber os novos interessados. Agende uma visita e tenha o primeiro contato com o esporte Tiro com Arco pelo Whatsapp (41) 99625-6356. O endereço do CT Cordilheira é Rua João Makuch, s/n, área rural de Roça Nova.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1302 – 10/03/2022

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Pablo Rosales é campeão brasileiro de jiu jitsu

O araucariense Pablo Rosales, 15 anos, aluno do colégio metropolitana, se consagrou campeão no Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu, organizado pela Confederação Brasileira (CBJJ). O

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp