Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Encontro com a comunidade aconteceu na terça-feira
Encontro com a comunidade aconteceu na terça-feira

Começam na semana que vem as obras de reurbanização dos loteamentos Dalla Torre e Boqueirão. Os serviços incluem asfalto novo definitivo, calçadas, plantio de grama, rampas de acesso a portadores de necessidades especiais e mobilidade reduzida, além de sinalização adequada.

O anúncio do início das o­bras foi feito num bate-papo com a comunidade, que aconteceu na terça-feira, 10 de junho. Na ocasião, o prefeito Olizandro José Ferreira (PMDB), acompanhado de alguns vereadores e secretários municipais, afirmou que a revitalização dará cara nova aos bairros, elevando a autoestima dos moradores e, acima de tudo, atenderá a uma reivindicação antiga de quem mora no Dalla Torre e Boqueirão. “Os moradores reclamam há muito tempo da situação em que estão estas vias. Com as obras que iniciaremos aqui será realizada uma verdadeira reurbanização da região, valorizando os imóveis e dando mais qualidade de vida para a população”, disse.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP), os trabalhos na região podem durar até sete meses e serão executados pela empreiteira Tec-Tubo Ltda, que venceu a licitação promovida pela Prefeitura. O investimento na revitalização dos conjuntos é de R$ 3,2 milhões e estão sendo feitos com recursos próprios do Município, adiantados por meio de financiamento junto ao Governo do Estado. “Como toda a obra, esta deve gerar alguns transtornos momentâneos para os moradores, já que há ruas em que tere­mos que escavar para reforçar a base da pista e isto gera sujeira, além de outros incômodos. Mas o que importa é o resultado final, que com certeza irá dar cara nova para quem mora aqui”, ponderou o secretário de Obras, Fábio Alceu Fernandes.

Ao todo, serão aplicados na região 40 mil metros quadrados de asfalto betuminoso usinado a quente, o chamado CBUQ, que é o pavimento definitivo. Ainda durante a reunião, Olizandro ressaltou que os técnicos da Secretaria de Obras irão acompanhar toda a execução dos trabalhos, sendo que sempre que os moradores tiverem alguma dúvida, reclamação ou sugestão devem procurar esses funcionários. “Eles vão estar de colete preto, devidamente indicados como funcionários da SMOP. Podem procurá-los”, orientou.
04_05 - politica.indd
Texto: Waldiclei Barboza / FOTO: CARLOS POLY / SMCS

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM