O Rio Iguaçu, já teve o seu tempo de rio de águas limpas e de pesca abundante, suas águas eram consideradas curativas, mas durante décadas o que atraía centenas de turistas e moradores locais para suas margens era realmente a grande quantidade de peixes que havia. Esse era um grupo de amigos do saudoso Sr. Alfredo Voss, e, nada como uma foto para a posteridade. Como vemos havia chovido muito pelo que mostra o estado das ruas, mas um bom pescador sabe que dias de chuva são ótimos para as melhores pescarias, e, conforme está provado pelas “fieiras” de peixe dos quatro amigos, o rio estava ótimo para pescar.

Agora, falando do lugar onde os amigos se encontram, nem parece ser o centro de Araucária. Esta é a esquina das Ruas Major Sezino com a Coronel Palhano bem no centro perto da Praça Dr. Vicente Machado. As ruas enlameadas eram comuns por toda a cidade, e as valetas para escoamento das águas eram a céu aberto, esse pontilhão de madeira era o que separava das ruas, notem que seguindo rua abaixo alguns degraus, semelhantes ao pontilhão eram feitos pelos moradores sobre as valetas, e utilizado para entrar em casa. Mas esse tempo no geral é uma marca do passado de Araucária. As ruas atualmente estão asfaltadas e possuem calçamento, não há mais valetas a céu aberto, todas as casas tem manilhas e entrada para veículos, e onde está a cerca e casa de madeira atualmente é o endereço da Relojoaria Aliança, mas nunca mais veremos pescadores e suas grandes pescarias, pois o Rio Iguaçu encontra-se poluído e as boas pescarias ficaram no passado, nem tudo era confortável como agora, mas muitas coisas que perdemos para o progresso, realmente deixaram muitas saudades.

Foto – acervo do Arquivo Histórico Archelau de Almeida Torres

Texto: Terezinha Poly

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp