Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

A defesa de Silvio José Barbosa, réu confesso do assassinato do skatista Lucas Gonçalves de Lima, ocorrido em outubro de 2013, entrou em contato com a redação do jornal O Popular para informar que seu cliente não estava foragido e sim cumprido a pena que foi lhe imposta pela Justiça em regime domiciliar. Diz trecho da nota: “após longa discussão processual com trânsito em julgado, ele se apresentou de forma espontânea para dar início ao cumprimento da pena, estabelecida em regime fechado, sendo certo que nunca esteve foragido”.

Os advogados de Silvio acrescentam que em razão de circunstância grave e pessoal de saúde, a defesa alega que foi concedida a Sílvio, a prisão domiciliar. Diz ainda que, na data de 25 de novembro, em razão de entendimento da Justiça Criminal de Wenceslau Braz, a prisão domiciliar foi revogada e Silvio prosseguiu normalmente no cumprimento de sua pena, que agora segue sendo em estabelecimento prisional de regime fechado.

Lucas foi morto em 2013

CONTEÚDO RECOMENDADO

VEJA TAMBÉM