Araucária PR, , 13°C

Delegacia segue investigando ameaças racistas contra a confeiteira Janete

A confeiteira Janete disse que acredita na justiça
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Delegacia segue investigando ameaças racistas contra a confeiteira Janete
A confeiteira Janete disse que acredita na justiça

A Delegacia de Polícia de Araucária segue investigando as ameaças de racismo contra a confeiteira Janete Martins. Ao todo ela já sofreu cinco intimidações, a primeira foi em janeiro, pessoalmente, quando uma suposta cliente disse que não contrataria seus serviços pelo fato dela ser negra. No dia 17 de fevereiro Janete recebeu um bilhete ameaçador na caixa de correio. Em 8 de março, Dia Internacional da Mulher, ela recebeu um pacote de presente que escondia bananas e outro bi­lhete racista, escrito com recortes de revistas. Na madrugada do dia 22 de março, o suposto criminoso atacou novamente, desta vez através de ligações ameaçadoras no seu celular e mensagens de texto pelo WhatsApp.
Na madrugada da sexta-feira santa, 14 de abril, a confei­teira Janete foi vítima do quinto ataque racista. Desta vez ela recebeu um novo bilhete, escrito com recortes de revista e colado no verso de um papel preto, com alguns chocolates. “Na última ameaça achei que iriam parar, mas infelizmente me enganei. A pessoa voltou a atacar. Jogou um bilhete por cima do portão, com uma mensagem meio confusa. Estou sem paz, mas acredito na justiça e sei que em breve esta pessoa será pega”, lamentou a mulher.
O delegado de polícia de Araucária, Messias Antônio da Rosa, comentou que a delegacia ainda aguarda a quebra do sigilo telefônico e a identificação do IP da máquina onde o website do suposto autor das ameaças, foi criado. “Enquanto aguardamos estes resultados, seguimos com as investigações, colhendo depoimentos de testemunhas, ouvindo vizinhos e familiares. Só lamentamos que a Janete não esteja colaborando muito com as investigações, pois nesse último ataque ela nem sequer comunicou, a Delegacia, ficamos sabendo do fato através da imprensa e das redes sociais”, pontuou o delegado.

Araucária Contra o Racismo

O Fórum de Combate ao Racismo de Araucária, criado para promover a igualdade racial no Município, vai promover no próximo dia 13 de maio, sábado, uma caminhada com saída prevista às 10h, da Praça Vicente Machado, Centro, e destino final no Parque Cachoeira.
“Será um ato público pela igualdade racial, para que outros crimes dessa natureza não aconteçam novamente em nossa cidade. Neste evento realizaremos diferentes atividades sócio-culturais de visibilidade e valorização étnico-racial afrodescendente e sua importância para a história brasileira”, comentou um dos integrantes do Fórum.

 

Foto: Everson Santos