Compartilhe esta notícia

Um adolescente de dezessete anos foi o autor dos dois disparos que mataram o dono da panificadora Vovó Lili no último dia 27 de novembro, no bairro Capela Velha. Ele foi apreendido pela Delegacia da Polícia de Araucária na tarde desta sexta-feira, 18 de dezembro.

José Moreira da Silva, 50 anos, foi morto ao reagir a uma tentativa de assalto ao seu comércio, localizado na rua Cerejeiras, no bairro Capela Velha.

O crime chocou a população trabalhadora de Araucária e desde seu acontecimento a equipe de investigação da Delegacia de Polícia Civil local, sob o comando do delegado Tiago Wladyka, trabalhava incansavelmente para identificar e localizar todos os autores do latrocínio.

De acordo com informações da Delegacia, o quebra-cabeças começou a ser montado com a identificação do automóvel que deu fuga aos assaltantes. Ele foi localizado em Curitiba, no bairro Caximba, que faz divisa com Araucária. A partir daí todos os outros envolvidos no latrocínio foram localizados.

Ainda conforme a investigação, dos quatro envolvidos, dois são adolescentes. Ambos têm 17 anos e um deles foi o autor dos dois disparos que mataram José Moreira. Por determinação da Vara de Infância e Juventude, a quem cabe julgar crimes praticados por menores de idade, ambos foram apreendidos e serão encaminhados ao CENSE Curitiba. Todo o processo contra ambos deverá ser encerrado ao longo dos próximos 45 dias e, ao final, a pena máxima que eles podem cumprir é de até três anos.

Com relação aos maiores, a equipe do delegado Tiago cumpriu ordem de prisão contra um deles, isto na terça-feira, 15 de dezembro. Já o outro, apurou a investigação, foi morto no último dia 5 de dezembro quando, vejam só, foi tentar assaltar uma distribuidora de bebidas no bairro Tatuquara, em Curitiba. Na oportunidade, o dono do estabelecimento teria reagido e o bandido acabou levando um tiro, vindo a óbito.

Motivação

Também conforme a Delegacia apurou no curso da investigação, a motivação para o crime foi mesmo roubar a panificadora. Os bandidos teriam vindo da Caximba para assaltar em Araucária e escolherem a panificadora aleatoriamente ao verem a porta do estabelecimento parcialmente aberta.

A delegacia ainda apreendeu a arma que possivelmente foi utilizada no crime. Trata-se um revólver calibre 38 que agora será submetido a confronto balístico pela Polícia Científica para confirmar se os projéteis que vitimaram fatalmente o senhor José Moreira saíram mesmo dela. O carro utilizado pelos criminosos também foi apreendido e encontra-se no pátio da Delegacia local.

Conforme o delegado, o trabalho da Delegacia foi incansável desde o acontecimento do crime. Isto para que que se fizesse Justiça aos trabalhadores de bem de Araucária e, principalmente, aos familiares da vítima, de modo que a ação da Polícia pudesse trazer algum tipo de conforto num momento tão difícil.

Delegacia soluciona caso da morte do dono da panificadora e apreende autor dos disparos - notícias da Capa Policial  - O Popular do Paraná
Arma que teria sido utilizada no crime
Delegacia soluciona caso da morte do dono da panificadora e apreende autor dos disparos - notícias da Capa Policial  - O Popular do Paraná
Carro utilizado para dar fuga aos bandidos
Compartilhe esta notícia